Como proteger a imunidade dos idosos no frio?

Saúde
01 de Julho, 2024
Como proteger a imunidade dos idosos no frio?

Com a chegada do inverno, as temperaturas em diferentes regiões do país tendem a cair. Devido a isso e a outros fatores, a saúde pode ser afetada – sobretudo a de pessoas mais velhas. E aí, uma preocupação aparece: como cuidar da imunidade dos idosos no inverno? 

Imunidade dos idosos no inverno 

Gripes, resfriados, asma, pneumonias… As doenças respiratórias são ainda mais recorrentes e perigosas no inverno. 

De acordo com a médica geriatra Simone de Paula Pessoa Lima, da clínica Saúde no Lar, os idosos estão mais propensos a contrair esse tipo de infecção durante períodos frios por conta de uma combinação de fatores fisiológicos e ambientais. 

O primeiro deles diz respeito à idade. “Com o envelhecimento, o sistema imunológico torna-se menos eficiente, o que reduz a capacidade do corpo de combater doenças. O sistema respiratório também sofre mudanças que diminuem as defesas contra novas infecções”, explica a especialista. 

Os idosos com condições crônicas, como problemas cardíacos e pulmonares, ficam mais suscetíveis a uma piora de seus quadros. Além disso, o ambiente frio favorece a aglomeração de pessoas em locais com pouca ventilação, facilitando a disseminação de vírus e bactérias. 

Leia também: Nova vacina contra Covid disponível no SUS: principais dúvidas

A mobilidade também é afetada

Mas não são apenas as vias respiratórias que podem sofrer com as quedas nas temperaturas. A mobilidade dos idosos também é afetada, uma vez que as dores no corpo e nas articulações aumentam. “Isso ocorre porque há a contração dos músculos e dos tendões, aumentando a rigidez articular. Além disso, pode ocorrer uma redução da circulação sanguínea nas extremidades, agravando a dor em condições como artrite”, diz a médica. 

Isso sem contar que, no inverno, ficamos menos ativos. O que pode contribuir para a perda de flexibilidade e de força muscular, exacerbando problemas de mobilidade. 

Leia também: Como melhorar a imunidade e resfriados no frio?

Como manter a saúde e a imunidade dos idosos no frio? 

A especialista elenca dicas essenciais:

  • Manter a casa aquecida e com ventilação para a circulação do ar: “pode ser necessário o uso de aquecedores dependendo da região. E as roupas devem ser adequadas para manter a temperatura corporal”;
  • É importante garantir uma boa hidratação, mesmo que a sensação de sede seja menor no inverno;
  • A vacinação contra a gripe e a pneumonia é uma forma de prevenção de infecções. A utilização de máscaras em ambientes com circulação do vírus (como hospitais) também;
  • A prática de exercícios físicos leves e regulares pode ajudar a manter a mobilidade e a saúde cardiovascular e, além disso, investir em uma alimentação balanceada, rica em nutrientes, pode fortalecer o sistema imunológico;
  • Monitorar a saúde mental é igualmente importante, pois o isolamento social e a menor exposição ao sol podem contribuir para a depressão sazonal.

Fonte: Simone de Paula Pessoa Lima, médica geriatra mineira da Saúde no Lar.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Ozempic, Wegovy e Mounjaro
Saúde

Ozempic, Wegovy e Mounjaro: endocrinologista explica diferenças

Como as chamadas "canetas emagrecedoras" atuam contra o diabetes e obesidade?

Mulher grávida ao lado de um médico, que está olhando uma prancheta, explicando as doenças mais comuns na gravidez
Gravidez e maternidade Saúde

7 doenças mais comuns na gravidez e como identificá-las

As alterações da gravidez podem enfraquecer o sistema imunológico da mulher, tornando-a mais propensa a doenças e infecções comuns no período

Creatina na menopausa
Alimentação Bem-estar Saúde

Creatina na menopausa: suplemento ameniza efeitos e promove bem-estar

A suplementação surge como uma alternativa promissora para combater os efeitos negativos da menopausa e promover o bem-estar feminino