Hábitos noturnos que atrapalham a perda de gordura abdominal

Alimentação Bem-estar
29 de Maio, 2023
Leticia Ramirez Naper de Souza
Revisado por
Nutricionista • CRN-3 63183
Hábitos noturnos que atrapalham a perda de gordura abdominal

Eliminar aquela gordurinha localizada na barriga é o objetivo de muitas pessoas. Para isso, é preciso priorizar uma alimentação saudável, baseada em vegetais e pobre em ultraprocessados, além de praticar atividades físicas com frequência. Contudo, você sabia que alguns costumes que temos antes de dormir podem atrapalhar o processo? Confira quais hábitos noturnos é melhor deixar de lado se você busca a perda de gordura abdominal:

Leia também: Hábitos que parecem saudáveis, mas não são

Hábitos noturnos que atrapalham a perda de gordura abdominal

1 – Dormir mal (ou pouco)

É durante o descanso noturno que o organismo produz substâncias importantes para a eliminação de gordura. A grelina e a leptina, por exemplo, são dois hormônios que regulam a fome e a saciedade, e podem ficar desequilibrados se dormimos mal (ou pouco).

Para você ter uma ideia, um estudo demonstrou que mesmo uma redução pequena (33%) no sono é capaz de aumentar a fome, o desejo por comida e o tamanho das porções no dia seguinte.

Por isso, o recomendado é descansar cerca de sete a oito horas por noite. Contudo, vale priorizar não somente a quantidade, mas a qualidade do seu sono.

Além disso, o consumo de determinados alimentos que possuem cafeína estimula o foco e a concentração. Contudo, quando ingerimos próximo à hora de dormir, esses itens podem atrapalhar o sono, dependendo da sensibilidade de cada um.

Desse modo, o ideal é evitar café e bebidas com cafeína a partir das 16h.

2 – Beber

O álcool é um composto extremamente calórico, e que não oferece nenhum tipo de nutriente ao corpo. Além de ser difícil de metabolizar, ele prejudica a ação da insulina (hormônio que controla os níveis de glicose, ou açúcar, no sangue) — o que, consequentemente, atrapalha a perda de gordura abdominal.

3 – Comer demais antes de deitar

Outro hábito que dificulta a digestão e o funcionamento da insulina. Além disso, comer demais pode ter efeitos negativos no seu sono.

Desse modo, tente comer pelo menos três horas antes de deitar. E priorize uma refeição leve, evitando frituras e açúcares e optando por proteínas magras, vegetais e grãos integrais.

Leia também: Perder gordura abdominal: 13 dicas para secar a barriga

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!