Gravidez e atividade física: 6 modalidades para as futuras mamães

Gravidez e maternidade Saúde
16 de Agosto, 2023
Gravidez e atividade física: 6 modalidades para as futuras mamães

Você sabia que a prática de atividade física pode ser muito benéfica durante a gravidez? Apenas 150 minutos de atividade moderada, dividida entre os dias da semana, vão ajudar as futuras mamães na manutenção do peso e no bem-estar durante o período da gestação, além de refletir de forma positiva na saúde do bebê.

Leia mais: Dieta saudável no início da gravidez reduz risco de diabetes gestacional

Os benefícios da atividade física na gravidez

De acordo com o médico do esporte Fabrício Buzatto, a atividade física contribui para a saúde da mulher, mesmo antes da concepção. “A prática de esportes auxilia na melhora do metabolismo, na
função hormonal e no controle do peso, além de ajudar na redução do estresse, o que favorece a ovulação para a fertilização”, explica.

Seja qual for a escolha, a manutenção física é fundamental para a saúde da gestante. “Fazer exercícios regulares ajuda a controlar a pressão, o diabetes e colesterol, a evitar o estresse e até a depressão pós-parto, por exemplo”, finaliza Buzatto. Veja agora quais são as mais indicadas nesse período.

Gravidez e atividade física: quais são as melhores opções?

A princípio, as atividades ideais para as gestantes são aquelas que possibilitam a realização de treinos moderados e com menor impacto. Veja seis modalidades para fazer na gestação:

Natação

No topo do ranking, a natação é um dos melhores exercícios nesse período, já que o seu nível de impacto é baixo, por ser realizada dentro d’água. A prática desse esporte pode ocorrer em qualquer momento da gestação, sem problema algum. A modalidade promove o fortalecimento dos músculos e, de quebra, relaxa a mente.

Ioga

A prática da ioga é outra modalidade bastante recomendada. Nela, a mulher pode encontrar o equilíbrio entre saúde física e mental com exercícios que fortalecerão partes distintas do corpo, promovendo maior flexibilidade, inclusive, na região pélvica.

Gravidez e atividade física: Pilates

Tanto a ioga quanto o pilates ajudam no controle do estresse e contribuem no fortalecimento do corpo. Inclusive, no pilates, é possível alongar os músculos e promover o aumento da mobilidade, algo muito útil à medida que a barriga cresce. Além disso, ajuda a manter uma boa postura, algo vital para evitar dores durante a gravidez.

gravidez e atividade física

Musculação

Já para a futura mamãe que prefere treinar na academia, o ideal é dar uma atenção especial à parte inferior das costas e ao abdome. Além disso, o alongamento dos músculos flexores dos quadris e o fortalecimento dos músculos do assoalho pélvico farão a diferença na hora do parto.

Ciclismo

Andar de bicicleta é algo que fará bem à saúde cardiovascular, tanto da mãe, quanto do bebê. Assim como correr, pedalar melhora o processo de desenvolvimento fetal. Mas é importante respeitar o limite da mãe, sem exaustões ou excessos. Além disso, é preciso tomar cuidado com quedas e se preocupar com a segurança, caso o exercício ocorra em local aberto.

Corrida

Por fim, ao contrário do que algumas pessoas pensam, correr é um esporte seguro para grávidas. Mas é importante respeitar os limites da mãe e evitar a exaustão. Assim, a corrida ajuda o sangue a fluir pelo corpo, beneficiando a saúde cardiovascular da mãe e do bebê.

Fonte: Dr. Fabrício Buzatto, médico do esporte.

Referências: Plataforma  Mais Abraços, da Huggies, uma rede de apoio digital para auxiliar as famílias na rotina de cuidados gerais com o bebê.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

Por quanto tempo devo tomar vitamina C
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar vitamina C?

Aliada a imunidade e a beleza, a vitamina C está ligada a uma série de benefícios para a saúde. Veja recomendações sobre o consumo prolongado

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte