Anvisa bane gordura trans de industrializados a partir de 2023

18 de dezembro, 2019

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) aprovou por unanimidade uma resolução que determina a eliminação da gordura trans nos alimentos industrializados no Brasil. Assim, as empresas terão que reduzir a utilização até julho de 2021, e não poderão mais usá-la definitivamente a partir de 2023.

Para a Organização Mundial da Saúde (OMS), a eliminação global desse ingrediente pode evitar 500 mil mortes por ano. 

O que é gordura trans

Presente em grande parte das guloseimas industrializadas – salgadinhos, biscoitos e afins – a gordura trans tem a missão de dar textura e aumentar o prazo de validade desses alimentos. Teoricamente é uma função importante, certo? Mas não para por aí: ela possui zero benefícios para a saúde. Na verdade, seu consumo é desaconselhado, mesmo que em mínimas quantidades. Por que será?

A gordura trans passou a ser amplamente utilizada nos anos 1950, quando os alimentos industrializados começaram a tomar conta das prateleiras. 

Por muito tempo não se soube de seus malefícios por causa de sua origem vegetal, que em teoria deveria ser saudável. Porém, ela passa por diversos processos químicos para torná-la sólida, que alteram completamente suas moléculas. No rótulo, ela geralmente se apresenta como gordura vegetal hidrogenada, detalhe que passa despercebido por muita gente, que desconhece os perigos de sua ingestão.

Porque é prejudicial para a saúde

Diversos estudos revelam os malefícios da gordura trans. Um deles, feito pela Universidade da Carolina do Norte, nos Estados Unidos, avaliou 87 mil mulheres na fase da menopausa que consumiram o ingrediente em quantidades maiores e menores. As voluntárias que ingeriram as maiores níveis de gorduras trans tiveram um aumento de 39% no risco relativo de um AVC, quando comparadas com as que consumiram as menores quantidades.

Da mesma forma, a gordura trans promove o aumento do LDL, considerado o colesterol ruim, e reduz o HDL, que é o bom. Em outras palavras, eleva as chances de se ter infarto, inflamações generalizadas e aterosclerose. Além disso, não possui valor nutricional que justifique o seu consumo, mas faz parte de diversos produtos que fazem parte da dieta de muita gente. 

Exemplos de alimentos que possuem gordura trans

  • Sorvetes;
  • Alimentos enlatados e congelados (nuggets, pizza, lasanha, batata pré-frita);
  • Biscoitos, principalmente os recheados;
  • Maionese, catchup, mostarda e outros condimentos (que também são ricos em sódio);
  • Salgadinhos;
  • Fast-foods;
  • Bolos prontos de caixinha;
  • Margarina;
  • Chocolate (maioria do tipo branco).

Faça sua avaliação de peso, descubra seu peso ideal e aprenda a emagrecer com a Low Carb. Clique para saber mais

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.