Anvisa proíbe propaganda da gestrinona, utilizada no “chip da beleza”

Beleza Bem-estar Saúde
28 de Dezembro, 2021
Anvisa proíbe propaganda da gestrinona, utilizada no “chip da beleza”

Não é de hoje que autoridades médicas condenam o uso indiscriminado da gestrinona, utilizada no chip da beleza. Agora, a veiculação de propagandas sobre o implante hormonal que promete emagrecimento e ganho muscular está proibida.

De acordo com a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) não são mais permitidas propagandas da gestrinona e de produtos que contêm essa substância. Especialistas apontam que a mudança é importante, já que a propaganda dos implantes de gestrinona são comuns, principalmente por influenciadores digitais em redes sociais.

Vale lembrar que, recentemente, a Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia (SBEM) já havia divulgado nota para esclarecer que não recomenda o uso de implantes hormonais de gestrinona, seja para fins estéticos ou terapêuticos. De acordo com o documento, o uso de implantes hormonais vem aumentando no Brasil, causando riscos para a saúde pública.

Leia mais: Chip da beleza: O perigo do uso de hormônios para fins estéticos

O que é o chip da beleza

O chip da beleza é um implante hormonal de silicone com gestrinona, um hormônio masculino semelhante à testosterona. Do tamanho de um palito de fósforo, uma vez implantado no corpo, libera continuamente esteroides anabolizantes e gestrinona. É indicado em situações específicas, como a endometriose ou transtorno do desejo sexual hipoativo (DSH), quando há queda na libido.

Além disso, também é aplicado para regular o ciclo menstrual, evitar a gravidez e amenizar alguns sintomas nada agradáveis da menstruação, como cólicas, inchaço e TPM. Contudo, alguns “efeitos colaterais” do dispositivo podem ser benéficos para a imagem corporal. Por isso, muitos têm usado o chip da beleza com os objetivos de emagrecer, tonificar os músculos e acabar com as celulites. No entanto, o chip da beleza oferece risco à saúde pública e os benefícios mencionados não possuem comprovação científica.

Efeitos colaterais da gestrinona

A proibição da gestrinona foi motivada pelos efeitos colaterais negativos do implante, tais como:

  • Desníveis de colesterol
  • Problemas de coração e no fígado
  • Aumento de oleosidade na pele
  • Acne
  • Queda de cabelo
  • Sangramento irregular
  • Rouquidão
  • Aumento do clitóris
  • Crescimento de pelos

Falta regulamentação

Em documento oficial, a Anvisa afirma que a divulgação do implante fere as regras sobre a propaganda de produtos com necessidade de prescrição e manipulados a médicos, cirurgiões-dentistas e farmacêuticos. “Em outras palavras, não é possível alegar que esses produtos são eficazes e seguros, o que representa um risco à saúde pública”.

O procedimento de implantação do hormônio dura menos de 10 minutos, custa cerca de R$ 3 mil e age no organismo durante seis meses. No entanto, outro ponto apontado pela Anvisa é a falta de regulamentação. Isso porque os implantes são produzidos por farmácias de manipulação que seguem uma regulação própria. Nesse sentido, a proibição de propagandas é um passo importante para reduzir o alto número de pessoas com problemas causados pelo implante.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

foto do ator Tony Ramos
Saúde

Hematoma subdural: entenda quadro de Tony Ramos

Tony Ramos passou por duas cirurgias após apresentar um hematoma subdural. Segundo boletim médico, ator já tem "melhora na evolução do quadro clínico"

mulher de lado tomando um suco verde em um copo
Alimentação Bem-estar

Como comer mais fibras no dia a dia? Dicas simples

O nutriente promove saciedade, melhora o trânsito intestinal, ajuda a evitar picos de açúcar no sangue e diminui a absorção das gorduras. Veja como comer mais

foto mostra diferentes pincéis de maquiagem
Beleza Bem-estar

Pincéis e esponjas de maquiagem podem causar acne e alergias. Como higienizar?

Você já tentou de tudo, mas não consegue se livrar do aparecimento de espinhas? Já tentou lavar seus pincéis e esponjas de maquiagem?