5 erros que fazem você engordar depois de emagrecer

Alimentação Bem-estar Movimento
13 de Junho, 2023
5 erros que fazem você engordar depois de emagrecer

Emagrecer demanda esforço, disciplina e determinação. Quando finalmente o peso desejado é alcançado, é normal se sentir orgulhoso e satisfeito com os resultados obtidos. Mas algo mais desafiador ainda está por vir: manter o peso e evitar engordar depois de emagrecer. 

De forma geral, são várias as razões pelas quais isso pode acontecer. Um dos principais fatores é voltar com os antigos hábitos alimentares que podem ser pouco ou nada saudáveis. A motivação é que esses hábitos podem ser o alívio de dietas muito restritivas e difíceis de serem cumpridas no dia-a-dia.

Assim, ao chegar no peso desejado, é comum ceder às tentações e voltar aos padrões alimentares antigos, ricos ultraprocessados, excesso de açúcar e gorduras saturadas. Dessa forma, a falta de equilíbrio pode levar a um consumo excessivo de calorias e, consequentemente, ao ganho de peso.

A seguir, confira os principais erros que contribuem com o ganho de peso e como evitá-los. 

Engordar depois de emagrecer: 5 erros que prejudicam a boa forma 

1 – Tomar remédios para emagrecer por conta própria

Com a popularização de medicamentos para emagrecer, cresce também o uso indiscriminado e sem acompanhamento médico. Contudo, o que pouca gente sabe é que, sem orientação profissional, esses medicamentos podem trazer riscos à saúde. Esses remédios, se usados indevidamente, podem causar efeitos colaterais como tremores, diarreia, boca seca e outros efeitos que afetam o organismo. 

Por isso, antes de tomar qualquer remédio, deve-se ter orientação médica para evitar riscos a saúde. 

2 – Ter dietas muito restritivas

É bem verdade que a dieta restritiva dá resultado rápido na perda de peso. Mas o grande problema é que ela não é sustentável a longo prazo. No geral, essas dietas são pouco nutritivas e podem causar deficiências nutricionais que contribuem ainda mais para o efeito sanfona, processo cíclico em que se engorda e emagrece. 

Por isso, a chave da alimentação saudável é investir em uma abordagem equilibrada e o mais importante: que seja sustentável a longo prazo. Nesse sentido, deve-se investir em alimentos nutritivos, evitando restrições exageradas. 

3 – Relaxar depois de alcançar o peso desejado

Muitas pessoas tendem a relaxar nos hábitos saudáveis após atingirem seu peso ideal. Então, as exceções vão se tornando cada vez mais frequentes, comprometendo o processo de emagrecimento como um todo. No entanto, manter a boa forma requer persistência. Ou seja, é essencial manter uma alimentação equilibrada e continuar com uma rotina regular de hábitos saudáveis para garantir a manutenção do peso e uma boa saúde geral.

4 – Engordar depois de emagrecer: Não ter constância na atividade física

A falta de consistência na prática de exercícios é um erro comum que compromete os resultados já alcançados. Por isso, é importante estabelecer uma rotina de atividades físicas que seja viável e prazerosa, mantendo-a ao longo do tempo. Nesse sentido, escolher uma modalidade de atividade física que você goste ajudará a manter a constância, como por exemplo investir em danças, corridas ou esportes como natação.

A regularidade é fundamental para obter benefícios duradouros, como aumento da resistência, fortalecimento muscular, melhoria da saúde cardiovascular e manutenção do peso adequado.

5 – Apostar exclusivamente na bariátrica 

A cirurgia bariátrica é uma opção para pessoas com obesidade grave, mas não deve ser vista como a única solução para atingir e manter a boa forma. A cirurgia é um procedimento complexo e envolve mudanças significativas no estilo de vida. Portanto, é fundamental adotar hábitos saudáveis de alimentação e exercícios físicos mesmo após a cirurgia, para garantir uma perda de peso sustentável e melhorar a qualidade de vida.

Veja também: Efeito sanfona: Emagrecer e engordar prejudica o organismo

Engordar depois de emagrecer: Como evitar o efeito sanfona?

A manutenção do peso é tão importante quanto a perda dele, segundo o Ministério da Saúde. Justamente por isso, a vida saudável é a aposta mais adequada para evitar o temido “efeito sanfona”. Contudo, essa escolha não precisa ser a mais desafiadora e restritiva. Uma alimentação equilibrada pode ser feita com comida de verdade e com ingredientes simples, que cabem no bolso. Além disso, a atividade física pode ir desde caminhadas, até rotinas mais estruturadas em uma academia.

Nesse sentido, o acompanhamento médico é fundamental para prover a orientação necessária para evitar o ganho de peso. Além disso, manter o sono e o controle do estresse em dia, são fatores essenciais para tornar a sua jornada mais saudável.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina

aveia com limão
Alimentação Bem-estar

Dieta Oatzempic: suco de aveia com limão realmente emagrece?

Shake não oferece riscos, mas não cumpre efeitos milagrosos na perda de peso