Dieta da tapioca: Como fazer, benefícios e cardápio

1 de novembro, 2019

Para quem trocou o pão francês com manteiga por tapioca no café da manhã, a dieta da tapioca não é novidade. Livre de glúten e de gordura, a tapioca se tornou a queridinha das dietas. Pois, a praticidade na hora de prepará-la e sua fama de magrinha fizeram com que o quitute ganhasse fãs no país inteiro.

E a dieta da tapioca se tornou popular nas redes sociais e muito procurada por quem deseja perder peso. Assim, ela promete eliminar dois quilos em 3 dias incluindo a tapioca no café da manhã e em outras refeições do dia.

Por que a dieta da tapioca?

Um disco de tapioca preparado com 4 colheres de sopa da fécula de mandioca tem apenas 65 calorias, metade das de um pão francês. Além disso, também é livre de glúten, proteína do trigo que deixa o organismo inflamado e propenso a acumular gordura. 

A tapioca é uma fonte de carboidrato, assim como o pão e outras massas, mas não leva gordura em seu preparo, ou seja, apenas fécula de mandioca e água.

Dieta da tapioca emagrece?

Vale lembrar que nenhum alimento emagrece por si só, mas há alguns que podem auxiliar na perda de peso. Assim, a tapioca não possui propriedades emagrecedoras, já que é constituída basicamente por carboidrato, entretanto, ela também não engorda se for consumida da maneira correta.

Ou seja, como a goma possui alto índice glicêmico, que é a velocidade com que a glicose entra no organismo, este fator também pode ser responsável pelo acúmulo de gordura no corpo. 

Mas, mesmo assim, é possível emagrecer comendo tapioca. Portanto, uma dica é incluir na massa ingredientes ricos em fibras, como chia ou linhaça triturada. Assim, dá para reduzir o índice glicêmico da preparação, o que evita o aumento de peso e ainda aumenta seu valor nutricional.

Por outro lado, tudo pode ir por água abaixo dependendo do modo de preparo, da quantidade consumida e do que você acrescenta no recheio. 

Porém, como a dieta da tapioca é restritiva, e não uma reeducação alimentar, ela não garante a manutenção de peso após o seu término. Ou seja, qualquer dieta que tenha uma data de início e fim ou instrua a comer alimentos específicos por um período é uma bandeira vermelha, já que não há fases ou datas finais para uma vida saudável.

Sugestão de cardápio para a dieta da tapioca

Café da manhã

Opção 1

  • Tapioca com 1 colher (chá) de chia recheada com 1 fatia de peito de peru, orégano a gosto, 1/2 tomate e 2 colheres (sopa) de ricota
  • 1 xícara (chá) de leite desnatado batido com 5 morangos

Opção 2

Opção 3

  • 200 ml de leite desnatado, 2 fatias de pão integral tipo 7 grãos, 1 polenguinho light

Lanche da manhã

Opção 1

  • Iogurte de frutas light desnatado

Almoço

Opção 1

Opção 2

  • Tapioca com 1 colher (sopa) de aveia em flocos, recheio 2 colheres (sopa) de frango desfiado + 1 colher (sopa) de requeijão light
  • Salada de folhas verdes mistas

Opção 3

  • Omelete com 1 ovo, 1 clara, espinafre picado, 2 colheres (sopa) de ricota, salsinha, cebolinha
  • Alface com cenoura ralada
  • 2 colheres (sopa) de arroz integral

Lanche da tarde

Opção 1

Jantar

Opção 1

  • Salada de rúcula com fatias de manga
  • 2 batatas cozidas temperadas com um fio de azeite, tomilho, sal e pimenta-do-reino
  • 1 lata de atum light

Opção 2

  • Salada de alface americana com palmito
  • 1 posta de salmão assada com cenoura e ervilha
  • 2 colheres (sopa) de arroz branco com brócolis

Opção 3

  • Salada de beterraba, rúcula e tomate
  • Filé de bife grelhado
  • Por fim, 2 batatas-doces cozidas

Leia também: Reeducação alimentar: Saiba o que é e como começar

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.