Cravo-da-índia: Benefícios que você precisa conhecer

15 de outubro, 2019

Encontrado em formas inteiras ou moídas, o cravo-da-índia – mais conhecido como cravo, é um tempero versátil que pode ser usado para condimentar assados, adicionar sabor a bebidas quentes e trazer calor picante a biscoitos, sobremesas e bolos.

Além de seu sabor doce e aromático, o cravo-da-índia é conhecido por suas propriedades medicinais potentes.

O cravo-da-índia contém fibras, vitaminas e minerais. Portanto, pode fornecer alguns nutrientes importantes.

Uma colher de chá (2 gramas) de cravo em pó contém:

  • Calorias: 21
  • Fibra: 1 grama
  • Manganês: 30% da Ingestão diária recomendada (IDR)
  • Vitamina K: 4% da IDR

Assim, as fibras podem ajudar a prevenir a constipação, a vitamina C pode fortalecer o sistema imunológico e a vitamina K é um nutriente importante para a coagulação do sangue.

Benefícios do cravo-da-índia

cravo-da-índia cravo da índia

Rico em antioxidantes 

Antioxidantes são compostos que reduzem o estresse oxidativo, o que pode contribuir para o desenvolvimento de doenças crônicas. Além disso, o cravo-da-índia também contém um composto chamado eugenol, que demonstrou atuar como um antioxidante natural.

De fato, um estudo em tubo de ensaio descobriu que o eugenol interrompeu os danos oxidativos causados ​​pelos radicais livres cinco vezes mais efetivamente que a vitamina E, outro potente antioxidante. Por outro lado, a vitamina C atua como antioxidante no corpo e ajuda a neutralizar os radicais livres, que são compostos que podem se acumular e causar estresse oxidativo prejudicial.

Leia também: Temperos que aceleram a queima de gordura

Cravo-da-índia é antibacteriano

Foi demonstrado que o cravo possui propriedades antimicrobianas, ou seja, pode ajudar a interromper o crescimento de microrganismos como bactérias. Assim, um estudo em tubo de ensaio mostrou que o óleo essencial de cravo era eficaz para matar três tipos comuns de bactérias, incluindo E. coli, uma variedade de bactérias que pode causar cãibras, diarreia, fadiga e até morte.

Além disso, as propriedades antibacterianas do tempero podem até ajudar a promover a saúde bucal.

Pode melhorar a saúde do fígado

O composto eugenol pode ser especialmente benéfico para este órgão. Ne sentido, um estudo em animais mostrou que essa substância encontrada no cravo ajudou a reverter os sinais de cirrose hepática ou cicatrização do fígado.

Ajuda a regular os níveis de açúcar no sangue

Os compostos encontrados no cravo ajudam a manter o açúcar no sangue sob controle. Portanto, verificou-se que o cravo aumenta a captação de açúcar do sangue para as células, aumenta a secreção de insulina e melhora a função das células que produzem insulina.

Leia também: 8 alimentos termogênicos que são aliados da dieta low carb

Cravo-da-índia protege os ossos

A baixa massa óssea pode levar ao desenvolvimento de osteoporose, o que aumenta o risco de quebras e fraturas. Assim, um estudo em animais descobriu que o extrato de cravo-da-índia, rico em eugenol, melhorou vários marcadores de osteoporose e aumentou a densidade e força óssea. 

Por fim, o condimento também é fonte de manganês, fornecendo impressionantes 30% da quantidade diária recomendada em apenas 1 colher de chá (2 gramas) de cravo moído. 

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.