Correr faz mal para os joelhos? Saiba se realmente é verdade

Bem-estar Movimento
04 de Janeiro, 2022
Correr faz mal para os joelhos? Saiba se realmente é verdade

Quando falamos em corrida, é comum as pessoas pensarem que correr faz mal para os joelhos. Mas será que isso é verdade? 

De acordo com o Dr. Fabrício Buzatto, médico do esporte e fisiatra, O ato de correr por si só não causará mal aos joelhos. Assim, o que pode levar a problemas na região são fatores como o excesso de treino, correr muitos km ao longo da semana ou intensidade muito alta. “Podem haver lesões das partes moles (tendões e bursas) do joelho ou até processo de degeneração, a chamada osteoartrose”, explica o especialista.

Leia também: Esteira: Dicas para aproveitar melhor a caminhada e a corrida

Correr faz mal para os joelhos ou traz benefícios?

De fato, a corrida é uma atividade que traz vários benefícios para o nosso corpo e mente. Além de ser um dos esportes mais acessíveis, ajuda a emagrecer, melhorar o condicionamento físico, gerenciar os sintomas de depressão e ansiedade, entre muitos outros.

Um estudo publicado em 2016 analisou o líquido sinovial do joelho (substância que lubrifica as articulações) antes e depois de 30 minutos de corrida. Os resultados mostraram que a corrida reduziu a quantidade de células que causam inflamação na articulação e desgaste no joelho. 

No entanto, são necessários mais estudos para comprovar a eficácia da corrida para os joelhos.

“Os benefícios da corrida para as principais lesões do joelho, como desgastes articulares, ainda é muito controverso e correr pode piorar. Mas pensando na questão da melhora do joelho, a corrida não é o exercício mais indicado” ressalta o Dr. Fabrício Buzatto.

“O recomendado é o fortalecimento da região, como musculação, treino funcional ou pilates para fortalecer os músculos da coxa e do quadril sem impacto ou sobrecarga”, diz. 

Dicas para correr com segurança e evitar lesões

Se você gosta de corrida, veja algumas dicas do Dr. Fabrício Buzatto sobre como evitar lesões e correr com segurança:

  • Escolha um bom tênis, confortável, que não cause incômodo e tenha um amortecimento favorável;
  • Se possível superfícies não tão rígidas, areia e grama por exemplo pode ser melhor para o joelho;  
  • Alongamento, manter a flexibilidade;
  • Fazer fortalecimento;
  • Evitar corridas por longos períodos ou muitos km.

Fonte: Dr. Fabrício Buzatto, membro da Sociedade Brasileira de Medicina do Exercício e do Esporte (SBMEE), formado na Escola de Medicina da Santa Casa de Vitória/EMESCAM. Residência Médica em Medicina Física e Reabilitação (Fisiatria) e Pós-Graduação em Medicina Esportiva pela Universidade Federal de São Paulo/ Escola Paulista de Medicina. Médico Fisiatra do Hospital das Clínicas da Universidade Federal e do Espirito Santo, Médico do Esporte e Fisiatra em Consultório Particular, Palestrante no Congresso Brasileiro de Medicina Esportiva e Promove Curso em Medicina Esportiva no Rendimento, Emagrecimento e Hipertrofia Muscular.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

mulher de lado tomando um suco verde em um copo
Alimentação Bem-estar

Como comer mais fibras no dia a dia? Dicas simples

O nutriente promove saciedade, melhora o trânsito intestinal, ajuda a evitar picos de açúcar no sangue e diminui a absorção das gorduras. Veja como comer mais

foto mostra diferentes pincéis de maquiagem
Beleza Bem-estar

Pincéis e esponjas de maquiagem podem causar acne e alergias. Como higienizar?

Você já tentou de tudo, mas não consegue se livrar do aparecimento de espinhas? Já tentou lavar seus pincéis e esponjas de maquiagem?

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!