Chá de folha de abacate: Conheça a novidade

29 de janeiro, 2020

Quando pensamos que não havia mais o que explorar quando o assunto é essa fruta, surge o chá de folha de abacate como promessa de bebida saudável da vez. O abacate é uma das frutas que mais se destaca por sua qualidade nutricional. Portanto, é rico em gordura insaturada, que atua como coadjuvante na redução dos níveis de colesterol e triglicerídeos, por exemplo. Mas, o assunto da vez é a folha do abacateiro, e não seu fruto.

As folhas dessa fruta são usadas há séculos (remontam aos astecas e maias) por suas propriedades farmacêuticas. E, embora não sejam os primeiros a utilizar o ingrediente, recentemente um casal de produtores de abacate na Califórnia, Estados Unidos, criou um processo com patente pendente para criar saquinhos de chá.

De acordo com os fabricantes, o chá de folha de abacate está repleto de antioxidantes, polifenois, flavonoides, terpenos e serotonina. Além disso, o site da empresa diz que a bebida é capaz de apoiar a saúde dos rins e do coração. Também ajuda a regular a pressão sanguínea e o açúcar no sangue, e a reduzir a incidência de convulsões. 

Mas, esses benefícios são reais ou a bebida veio para pegar carona na popularidade do superalimento?

Chá de folha de abacate: O que diz a ciência

O assunto é quente, porém, a Academia de Nutrição e Dietética norte-americana pondera. Ginger Hultin, uma de suas porta-vozes, comenta que os estudos sobre os benefícios do chá de folha de abacate ainda são limitados. Além disso, as análises foram, em sua maioria, realizadss em animais. No entanto, isso não significa que as descobertas não sejam empolgantes. 

Dessa maneira, os profissionais de saúde dizem que, se você quiser experimentá-lo, a moderação é fundamental, pois não há dados claros sobre a dosagem segura para humanos. 

Portanto, é recomendado não ultrapassar a ingestão de duas xícaras por dia. 

Leia também: Azeite de abacate é melhor que azeite de oliva?

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.