Caspa: conheça as causas e tratamentos

20 de janeiro, 2022

Lidar com a caspa não é tarefa simples. Afinal, quem quer aqueles pontinhos brancos marcando a roupa ou ter vergonha de mexer no cabelo, com medo de espalhar ainda mais a caspa? Por isso, fomos investigar o que é, o que causa e quais os principais tratamentos para ajudar no combate dessa questão capilar. Confira!

Leia mais: Conheça os benefícios de utilizar soro fisiológico no cabelo

O que é caspa? 

“A caspa, ou dermatite seborreica do couro cabeludo, é uma descamação do couro cabeludo causada pelo excesso de oleosidade ou pelo aumento do estresse”, explica a dermatologista Dra. Maria Paula Del Nero. 

Segundo a médica, ela pode se manifestar com um aumento de coceira, também chamado prurido, até formar lesões escoriadas no couro cabeludo que podem chegar a sangrar. A longo prazo, a caspa pode levar a queda acentuada dos fios e à infecção do couro cabeludo decorrente da coceira.   

Leia mais: Psoríase: Saiba o que é a doença de pele e como tratar

A caspa pode ser dividida em dois “tipos”. De acordo com Bruna Nunes, hairstylist do salão Jacques Janine, o problema pode causar uma descamação levemente oleosa do couro cabeludo, no entanto, também pode ser totalmente seca. No segundo caso, geralmente está relacionada ao uso excessivo de produtos e/ou estresse, por exemplo. 

Leia mais: Coceira no couro cabeludo: O que é e como tratar

Tratamentos principais

Apesar do incômodo, tratar a caspa é mais fácil do que se imagina. No entanto, primeiramente, é preciso entender as causas. Isso porque o tratamento depende do grau de caspa apresentado e, claro, da recomendação médica. Geralmente, acontece com o uso de shampoos e condicionadores apropriados, terapia capilar, laserterapia com LED, corticoterapia, além de tônicos capilares.

“É possível controlar a caspa usando continuamente shampoos a base de ácido salicílico, piritionato de zinco, mentol ou cetoconazol por, pelo menos, duas vezes por semana”, continua a médica.   

Para Bruna, entra aqui também um reforço importante: “Manter a higiene dos cabelos em dia pode ajudar na melhora do quadro”, diz. Além disso, para ela, manter uma boa rotina de cuidados com os cabelos, evitar passar o condicionador na raiz e o excesso de creme de pentear, além de adotar e manter hábitos saudáveis de alimentação também colaboram para a melhora generalizada do quadro.  

Ainda assim, a caspa pode ser uma condição crônica, o que significa que é essencial contar com o acompanhamento de um dermatologista para indicar as melhores opções de tratamento.  

Leia mais: Lavar os cabelos todos os dias é prejudicial para a saúde dos fios?

Fontes: Dra. Maria Paula Del Nero, dermatologista e Bruna Nunes, hairstylist do salão Jacques Janine.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.