Cabelos ruivos: características dos fios naturais, principais cuidados e mais

Beleza Bem-estar
17 de Agosto, 2022
Cabelos ruivos: características dos fios naturais, principais cuidados e mais

Mais raros do que outros tons de fios, os cabelos ruivos naturais costumam chamar atenção – e não é para menos!

De acordo com algumas estimativas, pessoas com madeixas avermelhadas representam apenas 1% a 2% da população mundial, sendo a maior parte concentrada na Escócia, seguido pela Irlanda, Inglaterra e Estados Unidos.

Mas, afinal, por que este tom de cabelo é tão raro? De acordo com o tricologista Adriano Almeida, trata-se de uma mutação genética relacionada à melanina produzida pelo corpo. Entenda!

Leia também: Cuidados com o cabelo: conheça 6 mitos e verdades

Por que algumas pessoas nascem com os cabelos ruivos?

Almeida explica que a cor dos cabelos naturais surge a partir da combinação de diversos tipos de melaninas que o organismo produz – regra que se aplica para todos os tons, sejam avermelhados, loiros ou morenos.

“No caso do ruivo, a melanina predominante é a feomelanina, composta por pigmentos com tons que variam entre vermelho vivo e amarelo”, ele explica.

“Já a eumelanina, que dá a cor preta ou castanha aos fios, possui menor concentração nos ruivos”, complementa.

Vale ressaltar, contudo, que o tom natural dos cabelos ruivos pode sofrer pequenas mudanças com o passar do tempo.

“Após a puberdade, os fios podem variar suas cores, porém normalmente não são variações muito divergentes”, aponta o profissional.

Cuidados com o cabelo ruivo natural

De acordo com o tricologista, a oleosidade, a resistência e outras características que demandam cuidados especiais para os cabelos não dependem da cor dos fios, mas sim de fatores que diferem de pessoa para pessoa.

Exemplo disso é a produção de glândulas sebáceas do organismo de cada indivíduo, a exposição a ferramentas de calor ou procedimentos químicos, tratamentos feitos para recuperar a saúde, etc.

Portanto, os cuidados básicos com os cabelos ruivos, em geral, são os mesmos para qualquer outro tipo de fio: manter uma boa higienização, hidratar e evitar aquecimento exagerado dos fios, assim como alisamentos.

Leia também: Posso tingir o cabelo mesmo com a queda dos fios?

Envelhecimento dos cabelos ruivos

Assim como os loiros e castanhos, os cabelos ruivos também passam pelo processo de envelhecimento, com a troca da cor para o grisalho e branco.

“A ação do tempo é a mesma. Trata-se da morte dos melanócitos, as células que produzem a melanina que dá cor ao cabelo. Geralmente, este processo começa por volta dos 30 anos, mas pode variar de acordo com a genética de cada pessoa”, explica Almeida.

Leia também: 5 cuidados para ter com os cabelos grisalhos e brancos

“Normalmente, a mudança de cor começa pelas laterais da cabeça. Por este motivo, chamamos esta região de ‘temporal’, pois simboliza o tempo de vida de cada um”, ele completa.

Fonte: Adriano Almeida, médico tricologista, professor de transplantes capilares e Presidente da Sociedade Brasileira do Cabelo, de São Paulo.

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.

Leia também:

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

Quais são os benefícios da banana para a saúde? Veja lista e receitas saudáveis

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

horário para treinar
Bem-estar Movimento Saúde

Estudo revela melhor horário para pessoas com obesidade treinaram

O estudo da Universidade de Sidney identificou benefícios do treino noturno para a saúde do coração

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor