Cortar as pontas faz o cabelo crescer mais rápido?

22 de março, 2022

Com certeza, todas nós já recebemos esse conselho: “está querendo deixar o cabelo crescer? Cortar as pontas faz o cabelo crescer mais rápido!” Mas será que isso acontece mesmo?

A resposta é uma só: não! Cortar o cabelo não faz com que ele cresça. “As pontas dos fios são tecidos mortos. Retirá-las não influencia em nada na parte responsável pelo crescimento, que é o bulbo, localizado na raiz”, explica Luciana Passoni, médica tricologista de São Paulo. Mas, então, o que está por trás desse mito?

Cortar não faz o cabelo crescer mais rápido, mas tira as pontas duplas

As pontas são a parte mais antiga do fio. Por isso, é muito comum, em cabelos compridos, elas ficarem frágeis, fracas e quebradiças. Quando se partem por causa dessa fragilidade, surgem as famosas pontas duplas.

E o problema é que as pontas duplas embaraçam com muita facilidade, e podem enrolar-se aos fios saudáveis causando quebra e atrapalhando o crescimento rápido e saudável da cabeleira.

Então, ao eliminarmos elas com a tesoura, o cabelo imediatamente fica mais alinhado e sem frizz, o que pode dar a impressão de que cortar faz o cabelo crescer mais rápido.

Mas não é só isso. “Ficar muito tempo sem cortar pode atrapalhar os cabelos a ficarem mais longos”, diz a tricologista. Isso porque o fio vai perdendo força, ficando quebradiço. “E, mesmo que os fios estejam crescendo na raiz, a diferença no comprimento não será tão perceptível por conta da quebra”, explica a médica. É por isso que, depois de um corte, podemos ter a impressão de que o cabelo está crescendo mais rápido. Mas, ele só está mais saudável.

Como fazer os fios crescerem?

Não há fórmulas mágicas. O ritmo normal de crescimento do fio de cabelo é de 1 a 1,5 centímetro por mês, em média.

Porém, cuidar da saúde dos fios como um todo, inclusive de dentro para fora, ajuda bastante a mantê-los bonitos e sem pontas duplas. 

As células do cabelo precisam de proteínas, vitaminas e minerais para se manterem fortes e saudáveis. “Por isso, mantenha o corpo sempre hidratado e procure ter uma alimentação rica em biotina (presente na gema de ovo e nas castanhas), vitamina C (em frutas cítricas), ômega 3 (encontrado em peixes e na linhaça), silício orgânico (presente na aveia e leguminosas), além de leite, abacate, espinafre, batata doce e feijão”, completa Luciana. 

Leia também: Amarrar os cabelos: erros mais comuns e como evitá-los

Limpeza do couro cabeludo

Pensamos muito na limpeza dos fios, mas esquecemos de cuidar do couro cabeludo. Mas, quando esta parte do corpo está com sebo em excesso, o crescimento dos fios também é prejudicado, pois a pele não recebe a oxigenação adequada e os poros ficam entupidos. 

“Nestes casos, a orientação é lavar todos os dias, usar xampu de controle da oleosidade para a diminuição da inflamação do couro cabeludo”, complementa a tricologista.

Para finalizar, jamais use produtos “milagrosos” para fazer o cabelo crescer, pois os efeitos adversos podem ser muito sérios. Além disso, lembre-se: não é porque funcionou para a sua amiga que vai funcionar para você.

Fonte: Luciana Passone, médica tricologista de São Paulo.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.