Biofeedback: entenda o procedimento de Anitta para tratar a endometriose

Saúde
16 de Agosto, 2022
Biofeedback: entenda o procedimento de Anitta para tratar a endometriose

Em seu perfil no Instagram, a cantora Anitta compartilhou com os seus seguidores que estava realizando um procedimento chamado biofeedback, que avalia as contrações anais. Também conhecido como retroalimentação anorretal, o biofeedback é uma espécie de treinamento com exercícios para a musculatura anal. Vamos entender melhor como funciona.

Leia mais: Cirurgia de endometriose: Anitta passa por procedimento

Afinal, o que é o biofeedback?

Uma das principais indicações do procedimento é para quem quer melhorar o tônus da musculatura anal. Além disso, também é indicado para ampliar a sensibilidade na região, o que pode ajudar no tratamento de quem tem constipação intestinal, incontinência anal, ou em pessoas que tiveram endometriose, como o caso da Anitta. “O biofeedback é um auxílio, um tipo de fisioterapia. Você consegue monitorar a força e a contração dos músculos do ânus. Além disso, a gente consegue estimular o paciente para fazer exercícios e fortalecer a região”, conta o médico Carlos Machado.

De acordo com o especialista, assim como é necessário em outros tipos de fisioterapia fortalecer os músculos, por exemplo, dos braços e pernas, a região perianal, em casos específicos, precisa desse tratamento. “São musculaturas importantes para vida sexual, para urinar e evacuar”, conta.

O exame ajuda a visualizar se a pessoa está com dificuldade em relaxar o músculo. Isso pode comprometer todo o assoalho pélvico, que ajuda na sustentação de órgãos como a bexiga, útero e o reto.

Leia mais: Afinal, como resolver a constipação?

Como é feito o procedimento?

O profissional habilitado insere uma sonda plástica bem fina no ânus do paciente, que deverá realizar alguns movimentos repetidos de contração e relaxamento da musculatura anal. “É basicamente uma estimulação para contrair a musculatura do local”, conta o médico. Além disso, é possível acompanhar o gráfico pela tela do computador, que auxilia o paciente saber se está realizando os movimentos da forma correta. O biofeedback também envia uma eletroestimulação com impulsos elétricos, que ajudam a aumentar a sensibilidade e a força de contração e sustentação do ânus.

Por fim, durante a realização do exame, o profissional infla o balão com ar para estimular no paciente a sensação de vontade de evacuar. Isso ajuda a avaliar a capacidade retal da pessoa. Com duração entre 15 e 40 minutos, o biofeedback não causa dor. Entretanto requer apenas um preparo prévio para que não haja fezes no reto durante o exame. A quantidade de sessões irá variar de acordo com o quadro do paciente. Em geral, 5 a 10 sessões são indicadas.

Fonte: Carlos Machado, médico clínico geral especialista em nefrologia e medicina preventiva

Referência: Fleury

Sobre o autor

Beatriz Libonati
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em diabetes e obesidade.

Leia também:

Medir a pressão arterial
Saúde

Medir a pressão arterial: veja novas recomendações

Veja novas recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas