Como recuperar o intestino depois do antibiótico

Saúde
11 de Fevereiro, 2022
Como recuperar o intestino depois do antibiótico

A nossa microbiota intestinal é formada por trilhões de bactérias. Quando em equilíbrio, elas ajudam a modular diversas funções do organismo e o auxiliam na absorção de nutrientes importantes para a nossa saúde. Contudo, alguns hábitos podem desregular a quantidade de bichinhos “bons” e “ruins” da região, alterando a flora e trazendo sintomas nada agradáveis. É o caso do uso prolongado e/ou indiscriminado de algum antibiótico, por exemplo: remédio pode alterar o funcionamento do nosso intestino. Entenda melhor:

Antibiótico e intestino

De acordo com o Ministério da Saúde (MS), antibiótico é um tipo de medicamento que tem como objetivo inibir o crescimento de mirco-organismos patogênicos (ou seja, que podem fazer mal para nós).

A invenção desse remédio (em 1928) provocou uma verdadeira revolução na medicina. Isso porque, de repente, mortes por pneumonia, tuberculose e meningite bacteriana, extremamente fatais na época, começaram a ser evitadas em larga escala.

E apesar dos inquestionáveis benefícios que o antibiótico trouxe, sua utilização exagerada também pode provocar alguns prejuízos. “O uso indiscriminado de medicamentos como os antibióticos é responsável pelo surgimento de bactérias mais resistentes, as chamadas superbactérias, dificultando o tratamento de diversas doenças”, explica a nutricionista Dayse Paravidino.

Além disso, há o risco de comprometimento da microbiota (com o aparecimento da desagradável diarreia). Gastrite, úlcera e até hemorragia digestiva também podem ocorrer em casos mais graves e excessivos.

Leia também: Microbiota intestinal: Quais as suas funções e como melhorá-la

O que fazer para tratar a diarreia pós-antibiótico?

Primeiramente, é essencial lançar mão do antibiótico somente se o seu médico receitar, e seguir direitinho as recomendações do especialista — ou seja, não tomar o remédio por mais dias (ou por mais vezes) do que o instruído por ele. Outras recomendações importantes, segundo o MS, são:

  • Nunca use antibióticos sem a indicação do médico ou dentista;
  • Use a dose que foi prescrita e nos horários corretos (usar doses maiores não acelera a cura);
  • Nunca pare o tratamento antes do prazo indicado, mesmo que os sintomas tenham melhorado;
  • Não use antibióticos fora do prazo de validade (podem não fazer efeito e causar resistência bacteriana);
  • Evite guardar sobras de antibióticos em casa, pois a quantidade geralmente não é suficiente para um novo tratamento.

No mais, a nutricionista afirma que, para recuperar a flora, vale seguir uma alimentação saudável, com menos produtos refinados (pães, massas, bolos e biscoitos) e bebidas alcoólicas. “E mais ingredientes naturais, frescos, da estação e orgânicos, além de água de boa qualidade. Lembrando que há estudos bem conduzidos indicando que a microbiota não é fator determinante para um organismo saudável, mas sim, consequência dele.”

Fonte: Dayse Paravidino, nutricionista, membro da Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN) e da Associação Brasileira de Nutrição Materno Infantil (ASBRANMI).

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma

tempo em frente às telas
Alimentação Bem-estar Equilíbrio Saúde

Maior tempo em frente às telas está associado à piora da dieta de adolescentes

Pesquisa brasileira avaliou dados de 1,2 mil adolescentes e constatou que a maioria gasta mais de 2 horas de tempo em frente as telas

corredor abaixado segurando a perna aparentemente com dor
Bem-estar Movimento Saúde

Será que eu estou com canelite? Médico destaca principais sinais

A condição é uma das principais preocupações entre os corredores. Ortopedista explica como identificar os sintomas característicos da canelite