Anemia perniciosa: entenda a doença causada por deficiência de vitamina B12

Saúde
13 de Julho, 2022
Anemia perniciosa: entenda a doença causada por deficiência de vitamina B12

As anemias geralmente são causadas pela deficiência de nutrientes como ferro, zinco, vitamina B12 e proteínas. Embora a anemia causada por deficiência de ferro (ferropriva) seja a mais comum – cerca de 90% dos casos -, outros tipos também podem ocorrer, como a anemia perniciosa. Entenda melhor quais são as causas, sintomas e tratamentos da doença.

Leia mais: Anemia: o que é, sintomas, causas e como combater

Afinal, o que é a anemia perniciosa?

De acordo com a Dra. Flávia Cohen, infectologista, trata-se de uma doença autoimune causada pela diminuição dos glóbulos vermelhos quando o corpo não consegue absorver uma quantidade suficiente de vitamina B12. “As causas mais comuns são enfraquecimento do revestimento estomacal ou uma condição autoimune”, explica a médica.

Apesar de uma predisposição familiar, essa não é uma doença puramente genética. Entre as doenças autoimunes que podem contribuir para o problema, estão a diabetes do tipo 1, vitiligo e as que afetam a tireoide. Entretanto, é necessária uma exposição ambiental para disparar a genética do indivíduo propenso a essa deficiência.

Mais comum a partir dos 60 anos de idade, a anemia perniciosa pode se tornar mais frequente com o envelhecimento da população.

Sintomas

Os principais sintomas são:

  • Diarreia
  • Constipação
  • Fadiga
  • Palidez
  • Déficit de atenção
  • Perda de apetite
  • Inchaço na língua
  • Sangramento da gengiva
  • Dificuldade de respiração

Quando não identificada corretamente, a doença pode causar alterações crônicas cardíacas, respiratórias, neurológicas e psiquiátricas semelhantes à demência.

Como diagnosticar a anemia perniciosa?

O diagnóstico pode ser feito de acordo com os sintomas e hábitos alimentares. Entretanto, segundo a médica, para confirmar o diagnóstico é necessário realizar alguns exames, como endoscopia digestiva ou Schilling (é um exame médico de quatro etapas usado para determinar se um paciente tem deficiência de vitamina B12).

Tratamento e prevenção

O tratamento da anemia perniciosa é feito com injeções de vitaminas B12 ou via oral, isto é, comprimidos. Além disso, pode ser recomendado o uso de ácido fólico para prevenir consequências neuronais.

A boa notícia é que é possível evitar esse tipo de anemia. “A forma mais prática de evitar essa doença é manter uma alimentação rica em vitamina B12. As principais fontes são os produtos de origem animal, como carnes vermelhas, aves, peixes, ovos, leites e derivados”, completa a especialista.

Além disso, alguns aspectos podem impedir a absorção da vitamina B12 pelo organismo, como gastrite atrófica, retirada ou desvio do estômago por cirurgia bariátrica e alterações dietéticas. Dessa forma, é possível, através de uma reposição periódica da vitamina, prevenir a deficiência, e, no caso de alterações dietéticas, deve ser evitada a retirada muito extrema de carnes, ovos, leites e laticínios. O ideal é conversar com o nutricionista para fazer uma reposição adequada, especialmente para quem é vegetariano ou vergano. Por fim, uma vez iniciado o tratamento de reposição, ele deverá ser feito por toda a vida, senão a doença pode voltar.

Fonte: Dra. Flávia Cohen, infectologista da clínica FVC

Referências: Jornal da USP

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

foto de folhas de citronela em uma bandeja de bambu
Bem-estar Casa Saúde

Planta citronela espanta mosquito da dengue?

A planta possui um óleo essencial desagradável para alguns insetos. Contudo, a citronela não deve ser a única estratégia para espantar o mosquito da dengue

Cinco habitos
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Cinco hábitos indispensáveis para a saúde

Para iniciar uma mudança de comportamento, confira cinco atitudes simples para incorporar no dia a dia que trazem benefícios no futuro

Dengue e Covid
Saúde

Dengue e Covid-19: como diferenciar os sintomas?

Em meio a uma explosão de casos de dengue e o aumento de infecções por covid-19 no Brasil, sintomas geram muitas dúvidas. Veja diferenças