Vinho e chocolate podem ajudar a prevenir o risco de Alzheimer

Saúde
12 de Maio, 2020
Vinho e chocolate podem ajudar a prevenir o risco de Alzheimer

O nome pode soar estranho. Mas, a substância está presente em alimentos do dia a dia, como maçã, vinho tinto, chá verde, couve e chocolate amargo. Flavonoides são um componente de alguns alimentos que podem ter um impacto importante na saúde. Eles são conhecidos por suas propriedades anti-inflamatórias e anticancerígenas, além dos benefícios antioxidantes. E, em um estudo comandado pela Universidade de Tufts, em Boston, nos Estados Unidos, pesquisadores disseram que quem ingere quantidades maiores de alimentos ricos em flavonoides tem menor probabilidade de desenvolver Alzheimer e outras formas de demência.

Alimentação x Alzheimer: Como foi a pesquisa

O estudo durou 20 anos e envolveu 2.800 participantes com 50 anos ou mais. Nele, os pesquisadores relataram que pessoas que consumiam quantidades menores de alimentos ricos em flavonoides tinham duas a quatro vezes mais chances de desenvolver Alzheimer e doenças relacionadas.

Entretanto, esta não é a primeira vez que a substância tem sido relacionada a uma diminuição do risco de desenvolver demências. Outro estudo da mesma instituição de ensino, publicado no periódico Neurology, também concluiu que consumir flavonoides pode ajudar a combater o avanço de Alzheimer. 

Especificamente, dos 921 participantes da análise, aqueles que consumiram mais flavonoides tiveram uma chance 48% menor de desenvolver a doença.

Na Associação de Alzheimer, os resultados do estudo foram recebidos com interesse e entusiasmo, mas também com cautela. Pois, segundo seus membros, embora alguns fatores – como a genética –  não possam ser modificados, a maioria das pessoas tem algum controle sobre uma alimentação saudável.

Quais os melhores alimentos ricos em flavonoides ?

Muitas frutas e verduras são fonte do antioxidante. Mas, os nutricionistas dizem que esses estão entre os melhores alimentos e bebidas ricos em flavonoides: chá (especialmente chá verde), chocolate amargo (85% de cacau), frutas vermelhas, maçãs, frutas cítricas, aspargos, folhas verdes e vinho tinto.

Leia também: 5 motivos para incluir o chocolate amargo na dieta

Quanto consumir

Este estudo particular descobriu que 500 miligramas são uma boa quantidade para ingerir diariamente.

Isso significaria tomar uma xícara de chá, comer uma maçã, uma laranja, um pouco mais de meia xícara de mirtilos e cerca de uma xícara de brócolis em um dia.

Leia também: Chás: Conheça diferentes tipos e benefícios dessas bebidas

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!

5 hábitos saudáveis para enxaqueca
Saúde

5 hábitos saudáveis para enxaqueca

A enxaqueca é uma doença crônica que causa um tipo de dor de cabeça latejante

Mortes por AVC
Saúde

Mortes por AVC podem ser associadas às temperaturas extremas

Mais de meio milhão de pessoas tiveram AVC relacionados às temperaturas extremas – muito calor ou muito frio