Alimentos para rinite: Melhores e piores ingredientes para a alergia

15 de julho, 2021

Nariz entupido, dificuldade em sentir cheiros e respirar, coceiras e irritações… Pois é, a vida de quem sofre com esse tipo de alergia não é fácil. Além disso, não basta se preocupar apenas com as variações de temperatura e com a casa sempre limpa e livre de poeira e ácaros. Há pessoas que são sensíveis até a certos alimentos, e consumi-los é o mesmo que contribuir para a rinite.

Embora os alimentos não causem rinite, cerca de 8% dos indivíduos acometidos por ela apresentam sintomas respiratórios associados à alimentação.

Se você está tendo crises constantes, por exemplo, pode ser que o problema esteja relacionado ao cardápio. Isso porque a ingestão excessiva de alguns ingredientes pode desencadear rinite por causa das suas propriedades. Os sintomas mais comuns são os gastrointestinais (como vômito, diarreia e cólicas) e os da pele, mas o indivíduo pode ter coriza, espirro, tosse e chiados no peito.

O contrário também ocorre: certos alimentos podem ajudar a evitar ou amenizar os espirros e seus demais sintomas.

Leia também: Como evitar crises alérgicas no inverno

Piores alimentos para rinite

Antes de partir para a lista, saiba que você não precisa abolir definitivamente estes itens a seguir. Você pode consumi-los com moderação mas, sempre que possível, substituí-los por alternativas. Se tiver dúvidas, não hesite em consultar um nutricionista e um médico para receber orientações específicas para a sua individualidade.

1 – Produtos industrializados

Fast-foods, enlatados, bolachas, embutidos. Embora sejam práticos para quem tem a rotina apertada, ingeri-los em excesso faz mal para a saúde. Isso porque ingredientes como nitritos, conservantes, corantes e sulfitos estimulam o quadro alérgico e fazem parte da composição desses alimentos.

Além disso, com o consumo cada vez maior de alimentos processados, a incidência de casos de alergia alimentar e as consequentes queixas respiratórias são cada vez mais frequentes. Então, se a sua dieta for movida a alimentos dessa categoria, é hora de repensar os hábitos!

2 – Leite e derivados

Já existe consenso entre pesquisadores sobre o leite como um provável “inimigo” de algumas pessoas alérgicas. Um artigo publicado na Archives of Disease in Childhood em 2019, por exemplo, apontou que algumas pessoas sentiram que o muco ficou mais espesso após o consumo de leite e derivados.

A caseína, proteína presente nesse tipo de alimento, pode ser responsável por deixar o muco das vias respiratórias mais espesso. Desse modo, atrapalha a respiração do alérgico e aumenta o desconforto. Evite o consumo excessivo, inclusive o de suplementos de caseína, que têm a finalidade de ajudar no desenvolvimento de massa muscular.

3 – Trigo e alimentos com glúten na composição são péssimos para rinite

O glúten é um ingrediente polêmico que é alvo de estudos por seu “poder” de causar inflamações e reações alérgicas. Dessa forma, moderar o consumo de alimentos ricos em glúten pode ser uma forma de avaliar se o ingrediente é um problema para a sua rinite. E, claro, ter acompanhamento profissional para descobrir se você possui sensibilidade ao componente.

Leia também: Bolor e mofo agravam bronquite: Como evitar

4 – Bebidas alcoólicas

O excesso estimula a vasodilatação, a obstrução nasal e a coriza, sintomas típicos da rinite. Portanto, se for beber álcool, capriche também na ingestão de água para se manter hidratado e evitar os efeitos de drinks, cervejas e afins.

5 – Chocolate

Pois é, #chocolovers! Infelizmente, o chocolate é um potencializador de alergias. Além do açúcar refinado, outros ingredientes como leite, nozes, amendoim e conservantes são capazes de inflamar as vias respiratórias e causar desconfortos.

6 – Alimentos muito temperados, quentes e apimentados

A primeira impressão é de que estes alimentos podem ajudar a desentupir o nariz, principalmente se forem muito quentes e apimentados. Porém, eles podem provocar a chamada rinite gustativa, levando aos espirros e às coceiras.

Bons alimentos para aliviar a rinite

Por outro lado, um cardápio rico em minerais, vitaminas e outros nutrientes encontrados em alimentos in natura favorecem o sistema imunológico. Quando as defesas do organismo estão fortalecidas, é mais difícil cair vítima de uma crise alérgica. Veja no que apostar:

1 – Mel

Adoçante natural, o mel tem propriedades bactericidas, fungicidas e anti-inflamatórias que auxiliam na expectoração. A dupla mel e gengibre é um remédio natural para aliviar rinite e resfriados.

2 – Gengibre

Tem poder adstringente e expectorante. Além de fazer um chazinho com mel, você pode incluir rodelas de gengibre na sua garrafinha de água.

3 – Cebola e alho

Seja na salada ou como temperos, essa dupla é rica em propriedades antibacterianas, antifúngicas e antivirais.

Leia também: Alergias respiratórias: Quais as principais, sintomas e como tratá-las

4 – Frutas cítricas são bons alimentos para rinite

São ricas em antioxidantes e fortalecem o sistema imunológico. Desse modo, inclua na dieta limão, laranja e abacaxi, que se destacam por conter bromelina, uma substância que reduz a congestão nasal e a inflamação das vias aéreas.

5 – Água

Essencial para o bom funcionamento do organismo! E não poderia ficar de fora dessa lista, pois hidrata as vias respiratórias e suas mucosas, além de deixar o muco mais fluido.

6 – Alimentos para rinite: Semente e grãos

Castanhas e sementes em geral (linhaça, girassol, chia…) são ótimas por suas abundâncias em flavonoides, que são anti-inflamatórios naturais.

Fonte: Daniel Destailleur, médico otorrinolaringologista do Hospital Santa Catarina – Paulista em São Paulo/SP.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.