Saiba como acelerar o crescimento do cabelo

Beleza Bem-estar
28 de Dezembro, 2021
Saiba como acelerar o crescimento do cabelo

A taxa média de crescimento do cabelo é de 0,35mm/dia. Isso significa que, ao final de um mês, em geral, os fios aumentam cerca de 1cm. Pouco, né? Por essa razão, muitas pessoas buscam técnicas para acelerar o crescimento do cabelo. Quer saber quais as dicas para fazer os fios crescerem mais rápido? Confira o que diz o dermatologista Daniel Cassiano, membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Leia mais: Receita com óleos essenciais para seu cabelo crescer mais forte

Fatores que influenciam o crescimento dos fios

De acordo com o especialista, o crescimento do cabelo ocorre em uma base cíclica com períodos de crescimento, dormência iminente e dormência total, e com precisão de relógio. Cada cabelo cresce até um comprimento finito, dependendo de fatores genéticos pré-determinados e idade.

Também existem fatores físicos que afetam esse processo, tais como anemia, distúrbios do sono, cirurgias, mudanças bruscas de peso, gravidez, alterações hormonais, uso de alguns medicamentos (como anticoncepcionais e anti-hipertensivos), problemas na tireóide, doenças dermatológicas, além de questões emocionais, como estresse.

Leia mais: Lavar os cabelos todos os dias é prejudicial para a saúde dos fios?

Alimentação: aliada para acelerar o crescimento do cabelo

De acordo com o dermatologista, a perda de cabelo devido à rápida mudança de peso ou ingestão alimentar inadequada é bastante comum. “Dietas intermitentes, comuns entre os jovens, são uma causa frequente de queda de cabelo, já que o corpo entra em períodos de privação. Nesse momento, a energia é desviada do crescimento dos cabelos”, esclarece.

Nesse sentido, um problema comum que afeta o crescimento dos fios é o consumo inadequado de proteínas. “O ideal é que a dieta possa ser feita de maneira gradual, não perdendo mais de meio quilo por semana, mantendo uma ingestão equilibrada de proteínas e nutrientes. Dessa forma, poupa o paciente de perdas desnecessárias de fios de cabelo.”

Leia mais: Proteínas: Alimentos, benefícios, como consumir e dieta

Dicas para acelerar o crescimento do cabelo

Daniel informa que, como o ciclo do cabelo é determinado geneticamente, não é possível, de fato, acelerar o crescimento dos fios. No entanto, ao impedir a queda do cabelo, você evita que o ciclo de crescimento seja prejudicado.

Veja algumas sugestões para ajudar nesse processo:

  • Mantenha uma alimentação balanceada, incluindo o consumo adequado de carboidratos, vitaminas, minerais e, principalmente, proteínas (carnes magras, laticínios, peixes, ovos e vegetais verde-escuros), essenciais na formação da matriz capilar. 
  • Faça um check-up anual, pois ele avalia a presença de doenças da tireoide e anemia, problemas que afetam o crescimento dos cabelos.
  • Evite fumar e beber.
  • Fuja do sedentarismo.
  • Tenha noites tranquilas e de sono reparador.
  • Ao lavar os cabelos, use as pontas dos dedos para fazer uma massagem no couro cabeludo, pois melhora a circulação sanguínea e contribui para o alongamento dos fios.

Fonte: Daniel Cassiano, dermatologista membro da Sociedade Brasileira de Dermatologia e da Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica.

Proteja seus lábios no frio

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

chá de canela
Alimentação Bem-estar

Chá de canela: para que serve, benefícios e como preparar

A bebida é uma ótima opção para esquentar o corpo — muitos afirmam, ainda, que ela emagrece. Saiba tudo sobre o chá de canela

Farinha de chia
Alimentação Bem-estar

Farinha de chia: benefícios e opções de receitas

A farinha de chia é obtida a partir da moagem das sementes de chia, trazendo praticamente os mesmos benefícios dessas sementes

mulher fazendo o exercício stiff na academia
Bem-estar Movimento

Stiff fortalece pernas e glúteos: conheça os benefícios, dicas e como fazer

O stiff é uma ótima opção de exercício para quem quer trabalhar glúteos e posteriores de coxa