Abstinência de cafeína: conheça os sinais do corpo ao parar de tomar café

Saúde
03 de Janeiro, 2023
Abstinência de cafeína: conheça os sinais do corpo ao parar de tomar café

O cafézinho preto é uma das bebidas mais tradicionais dos brasileiros. No entanto, muita gente pensa em abandonar o hábito de consumi-lo diariamente. Isso porque o simples hábito pode se tornar um vício, trazendo consequências negativas para a saúde. No entanto, ao parar de beber café, o corpo pode sofrer as consequências da abstinência de cafeína. Conheça quais são elas e como evitá-las, além de dicas para parar de consumir de forma saudável.

Leia mais: Duas xícaras de café aumentam o risco de problemas cardiovasculares em hipertensos

Sinais da abstinência de cafeína

A tentativa de reduzir ou cessar o uso da cafeína abruptamente pode gerar desconforto. Se estiver acostumado a beber líquidos com cafeína, cortar rapidamente pode causar dores de cabeça, cansaço e letargia ou dificuldade de concentração. Confira alguns dos sintomas de abstinência de cafeína:

  • Dor de cabeça: a cafeína contrai os vasos sanguíneos do cérebro. Na ausência da substância, os vasos relaxam e uma quantidade de sangue fora do padrão é bombeada para o cérebro, causando a dor. Os sintomas começam, normalmente, 12 a 24 horas após a interrupção da ingestão de cafeína e atingem o pico em um ou dois dias, mas podem persistir por muito mais tempo.
  • Cansaço: sem café, a moleza é comum. A cafeína se assemelha estruturalmente a uma substância química que está naturalmente presente em nosso cérebro, a adenosina, responsável pela sonolência. A cafeína se encaixa nos receptores de adenosina e bloqueia a substância química, fazendo o usuário se sentir mais acordado. Uma vez que o efeito do café acaba, volta o cansaço e sono.
  • Mal humor: é notório que o café pode melhorar o humor. O estimulante aumenta a liberação dos neurotransmissores dopamina e norepinefrina, que influenciam no humor, emoções, nível de glicose no sangue e frequências cardíaca e respiratória. Ao parar de beber café, os sinais químicos são enviados em um ritmo mais lento, o que pode causar queda no humor e nos níveis de energia.
  • Falta de foco: assim como a fadiga, a ausência de café influencia nos níveis de concentração.
  • Náusea: não é raro sentir sintomas semelhantes aos da gripe, como náusea e sensação de enjôo, quando se para com o café.
  • Tremores: nervosismo e tremedeiras podem ocorrer ao beber muito café, já que a cafeína é um estimulante do sistema nervoso central.

Mas afinal, como parar?

Para quem quer parar de beber café, a recomendação é reduzir progressivamente a dose diária e, depois de algumas semanas, alternar os dias de consumo. Veja outras dicas:

  •  Escolha outra bebida, nem que seja café descafeinado (tem 2 a 25 mg de cafeína por xícara, enquanto o tradicional conta com 100 mg ou mais). Entre as opções estão chá ou até mesmo água quente.
  • Tome analgésico: caso surja dor de cabeça latejante, às vezes com duração de dias, é um sintoma da abstinência de cafeína. O uso temporário de analgésicos pode aliviar o seu sofrimento.
  • Beba mais água.
  • Invista em atividade física: o exercício é um estimulante como a cafeína. Portanto, coloque o corpo em ação para combater a fadiga e aliviar a irritabilidade característica de quem abandona o café.
  • Coma alimentos saudáveis.
  • Durma mais: a melhor maneira de eliminar o cansaço é realmente dormir, e não se entupir de café. Para facilitar, evite cochilar durante o dia, faça exercícios regularmente e deite-se no mesmo horário.
  • Por fim, relaxe: técnicas de relaxamento, como ioga, meditação e massagem, podem colaborar com problemas de mau humor e concentração, associados à retirada da cafeína.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

Transplante de rim
Saúde

Transplante de rim: órgão doado faz falta? Quem pode doar? Entenda

Indicado para pessoas com doença renal crônica, transplante do novo órgão permite que o corpo volte a filtrar e eliminar líquidos e toxinas

Endometriose e saúde mental
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Endometriose e saúde mental: como cuidar de si mesma?

Desconfortos podem causar uma série de desafios emocionais, por isso é importante cuidar da saúde mental

Que horas o mosquito da dengue mais pica
Saúde

Que horas o mosquito da dengue mais pica?

Veja quais são os principais horários e como se prevenir da doença