Zolpidem: para que serve e quais os cuidados ao utilizá-lo?

15 de junho, 2022

O TikTok trouxe mais uma trend de medicamentos. Depois do Ozempic, que continua em alta, o Zolpidem ganhou espaço entre os usuários da rede social, que relatam uma série de fatos curiosos com o uso do fármaco. Há pessoas que estouraram o limite do cartão, mandaram mensagens para quem não deveria, entre outras atitudes das quais se arrependeram depois. Inclusive, muitas delas perigosas, como quedas e acidentes domésticos com fogo. Afinal, qual a função do Zolpidem e por que algumas pessoas agem de forma controversa ao tomá-lo?

Veja também: Veja os riscos da automedicação para a saúde

Qual a finalidade do Zolpidem?

O Zolpidem é um hipnótico não-benzodiazepínico, com propriedades relaxantes, ansiolíticas e sedativas. De acordo com a médica psiquiatra Danielle H. Admoni, o medicamento serve principalmente para ajudar pessoas que sofrem com insônia. “Ele ajuda bastante quem tem dificuldades para dormir, e às vezes é utilizado para o controle da ansiedade e como relaxante muscular”, explica a especialista. Por ser um fármaco de rápida ação e com efeitos específicos, é vendido apenas com receita médica.

Uso inadequado traz riscos para a saúde

Segundo Danielle, a maior responsável pelos comportamentos questionáveis das pessoas é a administração incorreta do Zolpidem. “O fármaco foi feito para induzir o sono, não para tomá-lo e ir fazer outras atividades. Então não é para ingerir o medicamento e resolver problemas, estudar, falar ao telefone e por aí vai. Dessa forma, a pessoa vai agir sem atenção e consciência plena, e não irá se lembrar do que fez depois”, alerta.

Cuidados ao utilizar o Zolpidem

O fármaco possui ação quase imediata. “Após a ingestão, o Zolpidem costuma agir em 20 minutos, que é o tempo que a pessoa precisa para se preparar para dormir. Portanto, não se deve fazer mais nada relevante depois de tomar o comprimido”, orienta a médica. Por isso, vale reforçar que o mau uso do medicamento pode arriscar a vida. Afinal, muitas pessoas podem sair para dirigir, caminhar, cozinhar ou ir a uma festa, como é o caso de inúmeros relatos do TikTok. Com a coordenação motora e consciência prejudicadas, há muitas chances de se envolver em um acidente grave.

Contraindicações

Além do uso indiscriminado, o Zolpidem é vetado para determinadas doenças e condições. Por exemplo:

  • Mulheres gestantes e lactantes.
  • Pessoas idosas e menores de 18 anos.
  • Indivíduos com histórico de abuso de substâncias químicas (drogas e álcool).
  • Enfermidades relacionadas ao fígado e rins.

Fonte: Danielle H. Admoni, médica psiquiatra na Escola Paulista de Medicina UNIFESP e especialista pela ABP (Associação Brasileira de Psiquiatria).