Uma refeição por dia é suficiente? Emagrece? Conheça dieta OMAD

Alimentação Bem-estar
22 de Setembro, 2023
Uma refeição por dia é suficiente? Emagrece? Conheça dieta OMAD

Comer de 3 em 3 horas, fazer três grandes refeições ao dia ou porcionar mais e comer cinco vezes diariamente? Quando o assunto é a quantidade de vezes mais adequada de se comer, não há consenso. Isso varia conforme o especialista consultado e as especificidades de cada paciente. Além dessas estratégias mais comuns, existe a dieta OMAD (One Meal A Day). Ela é uma variação do jejum intermitente, já que defende a realização de apenas uma refeição por dia.

Para quem está acostumado a comer várias vezes ao dia, pode ser bastante desafiador cogitar restringir o ato de alimentar-se em um único momento durante 24 horas. E realmente, a dieta OMAD não é para todos. Além de ter algumas contraindicações, tal estratégia pode não ser a melhor opção a depender do objetivo e do estilo de vida de cada um.

É seguro fazer apenas uma refeição por dia?

Fazer apenas uma refeição por dia pode ser seguro, assim como pode não ser. Tudo depende da forma com que essa dieta é incorporada. De acordo com Higor Vieira, médico pós-graduado em Nutrologia, fazer a OMAD por conta própria torna a prática perigosa. Isso porque tal dieta exige um planejamento adequado, além de um acompanhamento para entender se as metas nutricionais estão sendo alcançadas nessa refeição única.

“Com o acompanhamento de um profissional e sendo usada como uma ferramenta durante um certo período, ela pode ser feita com segurança”, explica.

Além disso, existem alguns indivíduos que não devem adotar a dieta OMAD por envolver um jejum prolongado. São elas: pessoas com diabetes em uso de insulina, grávidas e enfermos em estado debilitante.

Possíveis benefícios da dieta OMAD

Entre os benefícios de realizar uma refeição por dia, estão: 

  • Melhora da autofagia (processo de autolimpeza e detoxificação do organismo, realizado por meio da regeneração natural das células, que acontece por conta do jejum prolongado);
  • Maior equilíbrio hormonal;
  • Pode melhorar a composição corporal e facilitar o emagrecimento;
  • Mais praticidade e otimização do tempo;
  • Diminuição do risco de intolerância intestinal ou alimentar – já que consome menos alimentos.

Além disso, Francisco Tostes, médico atuante em endocrinologia, cita benefícios relacionados à redução do desenvolvimento de doenças crônicas e aumento de foco durante o dia. “Algumas pessoas percebem essa melhora por não enfrentarem processos de digestão pesados várias vezes ao dia”, esclarece.

De qualquer forma, Higor reforça que se tratam de potenciais benefícios, uma vez que não há garantia de que todos que adotarem a dieta OMAD conseguirão usufruir desses proveitos.

Malefícios e riscos

Em primeiro lugar, vale entender que por se tratar de uma dieta bastante restritiva, há uma grande dificuldade de adesão das pessoas. Ao pensar em médio e longo prazo, ela pode não ser tão atrativa – e para um plano alimentar realmente funcionar, é imprescindível que o indivíduo consiga aderir às estratégias e, assim, seguir a dieta da forma mais fiel possível.

Além disso, nem todos conseguem se adaptar e realizar uma única refeição por dia. “Muitas pessoas não toleram ficar longas horas em jejum e apresentam falta de energia”, destaca Francisco. 

Outros possíveis riscos e malefícios ligados à dieta OMAD são:

  • Dificuldade de atingir a meta calórica diária, envolvendo quantidade adequada de macro e micronutrientes;
  • Pode trazer prejuízos metabólicos, aumentando a preguiça e dificultando a realização de atividade física;
  • Dificulta o ganho de massa muscular;
  • Aumento da fome ao longo do dia;
  • Pode influenciar no surgimento ou na piora de quadros de transtornos alimentares.

Leia também: Jejum intermitente ou dieta com restrição de calorias?

Fazer uma refeição por dia emagrece?

A busca por novas dietas com o intuito de perder peso é comum. Também não existe consenso em relação à melhor estratégia para emagrecer. A OMAD é uma opção que pode ser recomendada para algumas pessoas que desejam secar. Entretanto, é fundamental o acompanhamento com um nutricionista e o aval de um profissional antes de diminuir a frequência de refeições por dia.

Tal estratégia pode ser eficaz para emagrecer, pois, ao comer apenas uma vez, é mais fácil atingir o déficit calórico necessário para a perda de peso. Além disso, na dieta OMAD tradicional, a refeição deve ter um volume normal. Ou seja, não indica-se tentar compensar o tempo que o indivíduo ficou sem comer e ingerir uma quantidade maior nesse momento. 

“Basicamente, alia-se o conceito do jejum intermitente com uma dieta de baixa caloria para potencializar a perda de peso”, afirma o médico endocrinologista.

Dica de ouro

Além disso, é possível mesclar a dieta OMAD com algum outro plano alimentar. Assim, o profissional pode usar a ideia de uma única refeição por dia como uma ferramenta para potencializar o emagrecimento e aplicá-la duas vezes na semana, por exemplo. Dessa forma, há um equilíbrio maior e, assim, existem maiores chances do indivíduo conseguir absorver todos os nutrientes necessários e aproveitar, ainda, os benefícios de ingerir poucas calorias.

“Ela pode ajudar no emagrecimento desde que seja bem feita, bem conduzida e respeitada, levando em consideração a meta de nutrientes”, finaliza Higor.

Fontes: Higor Vieira, médico da Clínica Nutrindo Ideais, graduado em medicina pela Universidade de Vassouras, Pós-Graduado em Nutrologia pela Faculdade de Ciências Médicas da Santa Casa de São Paulo e Francisco Tostes, médico atuante em endocrinologia e sócio da Nutrindo Ideais.

Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!