O que significa ser tolerante? Dicas para exercitar a qualidade

Bem-estar Equilíbrio
09 de Agosto, 2019
Lívia Barbosa Alves de Souza
Revisado por
Psicóloga • CRP 01/22261
O que significa ser tolerante? Dicas para exercitar a qualidade

A correria e a pressão do dia a dia vêm tornando as relações cada vez mais tensas e irritantes. Exemplos de intolerância podem ser encontrados aos montes tanto na rotina quanto nas redes sociais. Infelizmente, esta característica tem se propagado, trazendo mal-estar e, até mesmo, fazendo pessoas discutirem em comentários de publicações sem nem ao menos se conhecerem. Afinal, o que significa ser tolerante e como exercitar a qualidade?

O que significa ser tolerante?

“Tolerância é suportar e aceitar, é uma atitude fundamental para quem vive em sociedade. Isso porque uma pessoa tolerante, normalmente, aceita opiniões e comportamentos diferentes daqueles estabelecidos pelo seu meio social”, explica a psicóloga clínica Rosângela Olmos.

Assim, tolerância está ligada à legitimação da diversidade e da liberdade de expressão. Fazendo com que as pessoas se sintam seguras e à vontade o suficiente para expressarem aquilo que as faz serem o que são: preferências, valores e desejos.

Existe diferença entre empatia e tolerância?

Sim. “Enquanto tolerância se caracteriza em respeitar as pessoas mesmo não concordando com elas, a empatia é a capacidade de compreender ou identificar os sentimentos do outro. Ou seja, sentir a dor dele e buscar soluções para seus problemas e dificuldades”, diz a especialista. 

Assim, ambas são chaves para nossas relações e estão interligadas como causa e consequência. Por exemplo, para se colocar no lugar do outro (empatia) é preciso, antes, aceitar a opinião dele, ainda que não concorde (tolerância).

Intolerância e seus agravantes

Mas, o que ocasiona tensão entre pessoas é a ausência de empatia e tolerância. Além disso, a pessoa intolerante tem dificuldade em aceitar frustrações e a opinião dos outros — quanto mais ansiedade é gerada pela frustração, menos tolerância ela tem. Por isso, age com repulsa, repugnância e ódio.

E para que você possa começar a sua jornada de mais tolerância, aqui estão algumas dicas práticas de como exercitar a competência:

Leia também: Você sofre de Síndrome da pressa?

O que significa ser tolerante? Lições para treinar a qualidade

Conheça outras realidades

O que parece uma verdade absoluta pode fazer sentido somente no próprio meio em que é cultivado. “Ao se desprender e permitir ver outras realidades, a partir de viagens ou trabalhos voluntários que apoiam questões fora da zona de conforto de cada um, haverá contato com pessoas que têm outra bagagem cultural, vivenciam diferentes desafios e, portanto, podem trazer novas perspectivas”, incentiva a psicóloga.  

Isso não significa mudar de opinião, mas entender que, em sociedade, existem questões complexas. Além disso, é preciso aceitar que é inocente e irreal dividir o mundo em certo e errado.

Ser tolerante significa ouvir mais

Quando se diz ouvir, significa demonstrar e despender atenção pelo que o outro tem a expressar, atitude que difere de, simplesmente, esperar pela sua vez ou obter espaço para falar.

“A perspectiva do outro pode ser surpreendente, não só pelas palavras, mas pela linguagem corporal que a acompanha. Ter o cuidado e a generosidade de ouvir é uma forma de viajar pela mente do outro. E ainda que só consiga construir mais argumentos para discordar, primeiro, ouça”, diz a profissional. 

Aceite a possibilidade de estar errado

Manter uma posição aberta facilita o processo de troca de informações e de construção de conhecimento. Isso porque as pessoas não estão inclinadas a convencer as outras mas, a realmente conversar. 

“Dentro dessa troca, há a possibilidade de você perceber que está errado sobre algum ponto ou sobre tudo o que pensava a respeito de determinado assunto ou, até mesmo, reafirmar em si mesmo os próprios argumentos. Porém, é só com a postura de aceitar que o outro pode ensinar, que você terá essa experiência”, finaliza a psicóloga.

Leia também: Como cuidar melhor da saúde emocional

Fonte: Rosângela Olmos, psicóloga clínica.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond

personal ajudando aluno a fazer o exercício crucifixo inclinado na academia
Bem-estar Movimento

Crucifixo inclinado: como fazer corretamente para evitar dores

A posição do banco no crucifixo inclinado faz com que o exercício enfatize bem os músculos do peitoral. Confira o passo a passo

criança nadando na piscina
Bem-estar Movimento

Crianças podem (e devem) fazer natação no inverno!

Prática deve ser contínua mesmo no frio, pois aumenta imunidade e o gasto calórico. Veja os benefícios da natação no inverno para as crianças!