Tipos de feijão: conheça os principais e seus benefícios para a saúde

Alimentação Bem-estar
20 de Julho, 2023
Tipos de feijão: conheça os principais e seus benefícios para a saúde

O feijão é um dos alimentos mais populares do Brasil. O tipo carioca, por exemplo, faz dupla com o arroz branco e é consumido diariamente em diversas regiões do país. O feijão preto, por outro lado, é ingrediente obrigatório da feijoada. O grão é rico em ferro, nutriente essencial para evitar doenças como a anemia. Conheça, agora, os principais tipos de feijão, suas formas de consumo e, é claro, seus benefícios para a saúde.

Leia mais: Dieta sem feijão aumenta risco de obesidade em 20%

Quais são os benefícios do feijão?

Para manter uma dieta equilibrada, é importante se atentar ao aporte de proteínas diário. Nesse quesito, o feijão pode ajudar, já que ele é fonte de proteína vegetal. Dessa forma, é uma alternativa saudável para vegetarianos e veganos.

Além disso, é rico em fibras solúveis e insolúveis, o que ajuda na saúde do sistema digestivo, regula o trânsito intestinal e promove a sensação de saciedade, auxiliando no controle do peso. As fibras presentes no feijão também ajudam a controlar os níveis de açúcar no sangue, sendo benéficas para pessoas com diabetes ou pré-diabetes.

O feijão também é fonte de vitaminas e minerais essenciais, como ferro, magnésio, fósforo, potássio e vitaminas do complexo B. Inclusive, o alto teor de potássio no feijão pode ajudar a regular a pressão arterial, o que é importante para a saúde do coração e dos vasos sanguíneos. Veja outros benefícios:

  • Antioxidantes: Alguns tipos de feijão, como o feijão preto, contêm antioxidantes que ajudam a combater os danos causados pelos radicais livres no corpo, o que evita o envelhecimento precoce;
  • Prevenção de doenças crônicas: O consumo regular de feijão ajuda a reduzir o risco de desenvolvimento de doenças crônicas, como doenças cardíacas, diabetes tipo 2 e certos tipos de câncer.
  • Baixo teor de gordura: O feijão é naturalmente pobre em gordura saturada e colesterol, tornando-o uma opção saudável para a dieta.

Tipos de feijão

Feijão carioca

Conhecido como carioquinha, o feijão carioca é um dos tipos mais consumidos no Brasil. O feijão carioca apresenta tamanho médio, formato arredondado, casca fina, cor bege com listras marrons, e sabor agradável.

feijão carioca

Feijão branco

O feijão branco tem grãos grandes de formato longo, casca fina, cor branca e sabor com traços amanteigados. Após cozido, torna-se cremoso, mas com pouco caldo. É comumente utilizado na receita de dobradinha e também em saladas e ensopados. Além disso, ele ainda pode ser empregado na combinação com arroz, carnes e pratos vegetarianos. É, ainda, o ingrediente principal do cassoulet, um clássico prato da França conhecido como “feijoada francesa”. O feijão branco possui o faseolamina, um tipo de proteína que traz benefícios para a saúde muscular e dos ossos, e até ajuda na perda de peso.

 

feijão branco

Feijão preto

Assim como o carioca, o feijão preto é um dos tipos mais consumidos no Brasil, além de ser o preferido em estados como o Rio de Janeiro. Ingrediente fundamental da feijoada, produz bastante caldo e, por isso, também aparece com frequência em sopas e pratos da culinária mexicana. O grão do feijão preto revela tamanho pequeno, formato de rim, casca firme, cor preta, hilo branco, e sabor com toques terrosos.

feijão preto

Feijão vermelho

Embora não seja tão consumido quanto os outros, não é raro encontrar o feijão vermelho em pratos tipicamente brasileiros e franceses, como em sopas e combinações com carnes e saladas, já que possui bastante caldo. Como o próprio nome revela, seus grãos têm cor avermelhada, resultado de pigmentos de antioxidantes que são responsáveis por atuar no combate à ação dos radicais livres no organismo.

Seu tamanho pode variar, apresentando grãos menores ou maiores, assim como seu formato, que pode ser mais longo ou arredondado.

Feijão de corda

O feijão de corda muitas vezes é também chamado de feijão fradinho. No entanto, mesmo com características bastante semelhantes, eles possuem diferenças, como na cor. Seu consumo é mais popular nas regiões norte e nordeste do país, além de Minas Gerais. Por isso, é comum utilizar o alimento em opções da culinária típica, como aperitivo, uma vez que não produz muito caldo, e também com arroz e carnes variadas.

Tipos: Feijão fradinho

O feijão fradinho e o de corda são tipos diferentes, embora seja comum a confusão entre eles. Além disso, ele leva o nome de feijão verde quando não está maduro. É, então, uma das opções mais utilizadas na culinária da Bahia, sendo o ingrediente principal do acarajé e do famoso prato baião de dois, já que não possui muito caldo.

Tipos de feijão: qual opção é menos calórica?

Entre as diferentes variedades de feijão, o preto é menos calórico quando comparado ao feijão carioca e ao feijão-fradinho. Os valores calóricos também podem variar ligeiramente dependendo do método de preparação. Aqui estão algumas informações aproximadas sobre o teor calórico de 100 gramas de feijão cozido:

  • Feijão preto: Cerca de 132 calorias
  • Feijão carioca: Cerca de 154 calorias
  • Feijão-fradinho : Cerca de 169 calorias

Deixar o feijão de molho é mesmo necessário?

Sim. O remolho é importante para eliminar os fatores antinutricionais. Ou seja, diminuir os gases, facilitar o cozimento e a digestão pelo organismo e aproveitar os nutrientes.

O ideal é deixar o feijão e as demais leguminosas pelo menos 12 horas na água. Esse tempo pode se estender até 48h, mas, caso você deixe por um período maior, é importante lembrar de trocar a água com uma certa frequência. A nutricionista explica que todas as leguminosas precisam passar por esse processo antes de irem para o prato.

Entretanto, caso aconteça um imprevisto e você se esqueça de fazer o remolho com antecedência, é possível recorrer a uma alternativa mais rápida. Dessa forma, coloque os grãos em uma panela com o dobro de água no fogo alto. Quando a água ferver, desligue o fogo e tampe a panela para hidratar os grãos mais uma hora. Depois desse tempo, é só escorrer e cozinhar normalmente.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

foto mostra diferentes pincéis de maquiagem
Beleza Bem-estar

Pincéis e esponjas de maquiagem podem causar acne e alergias. Como higienizar?

Você já tentou de tudo, mas não consegue se livrar do aparecimento de espinhas? Já tentou lavar seus pincéis e esponjas de maquiagem?

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!

respiração durante a corrida
Bem-estar Movimento

Dicas de como melhorar a respiração durante a corrida

Estar atento à respiração durante a corrida é algo essencial - tanto para iniciantes quanto para atletas experientes