Timing nutricional: O que é, como funciona e benefícios

Alimentação Bem-estar
11 de Fevereiro, 2021
Timing nutricional: O que é, como funciona e benefícios

Já ouviu falar em timing nutricional? Também chamada de nutrient timing, é uma estratégia nutricional que envolve o consumo de combinações de nutrientes, proteínas e carboidratos em torno de uma sessão de exercícios. Por exemplo, o famosos comer antes e depois do treino. Ela busca promover melhoras da saúde. Assim como ajudar a ganhar músculos.

Como funciona e como fazer

O timing nutricional foca na ideia de que o corpo lida melhor com diferentes nutrientes em diferentes períodos. Ou seja, não adianta consumir os alimentos certos. Porém, nos horários errados. Assim, busca adequar os nutrientes ao momento ideal de ingeri-los.

Nesse sentido, um dos princípios dessa teoria é que é melhor consumir a maior parte dos carboidratos antes da prática de exercícios. Com exceção das frutas e dos vegetais, fontes de carboidratos complexos.

Além disso, há o planejamento de quais nutrientes ingerir. Seja em conjunto ou separadamente. Por exemplo, carboidratos e proteínas devem aparecer juntos no prato. Especialmente antes da prática de atividades físicas.

Ainda prioriza a janela anabólica. Também chamada de “janela da oportunidade”. Ela é o período de cerca de 45 minutos depois do exercício físico. Nela, se ingere proteínas a fim de melhorar o ganho de massa. Dessa forma, beneficia o corpo e evita dores musculares.

Leia também: Dieta dos Nutrientes: O que é e como fazer

Consumo de proteína no timing nutricional

Quanto ao consumo de proteína, não deve ser efeito apenas depois do treino. Mas, ao longo de todo o dia, em todas as refeições. O consumo se divide em 3 fases:

  • Fase energética. Antes da prática da atividade física, consumir proteína com carboidrato. Essa ingestão é fonte de energia para o corpo.
  • Fase anabólica. Momento em que o consumo de proteína agirá na recuperação do músculo ao fim da prática do exercício. Além disso, a ingestão de carboidrato também é indicada.
  • Crescimento muscular. Nas 24 horas depois do treino o consumo de proteína continua essencial.

Por fim, vale dizer que as necessidades nutricionais mudam de acordo com cada pessoa. Toda dieta deve ser individual. Procure um nutricionista antes de planejar um cardápio.

Leia mais: Pós-treino: Erros comuns depois dos exercícios

Descubra seu peso ideal. É grátis! Saiba se seu peso atual e sua meta de peso são saudáveis com Tecnonutri.
cm Ex. 163 kg Ex. 78,6

Sobre o autor

Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo

Leia também:

Remada baixa
Bem-estar Movimento

Remada baixa: para que serve e como fazer?

Comum em treinamento de força, o exercício fortalece os músculos das costas, como o dorso e trapézio

elevação pélvica
Bem-estar Movimento

Elevação pélvica: como fazer, benefícios e substituições

A elevação de quadril, também chamada de hip thrust ou elevação pélvica, é o ótima para trabalhar glúteos e pernas

chá de canela
Alimentação Bem-estar

Chá de canela: para que serve, benefícios e como preparar

A bebida é uma ótima opção para esquentar o corpo — muitos afirmam, ainda, que ela emagrece. Saiba tudo sobre o chá de canela