Suco de beterraba é saudável?

20 de dezembro, 2019

Vai verão, vem verão e sempre há um suco da moda – dessa vez, é a hora do suco de beterraba brilhar. Porém, será que ele é mesmo saudável?

A beterraba, acessível, versátil e nutritiva, pode ser adicionada em diversos pratos e e receitas. Não só, rende um delicioso suco.

Rico em nutrientes, vitaminas e minerais, o vegetal é excelente para a saúde. Além disso, contém antioxidantes como carotenoides, flavonoides e betalaína. Os carotenóides são ótimos para a visão, os flavonoides, para a pele, e betalaína, a responsável pela cor da beterraba, é antidiabética. 

Entretanto, diferentemente do vegetal in natura, o suco de beterraba não detém esses nutrientes – ao menos, não na mesma quantidade. Da mesma forma, o suco também perde as fibras presentes no vegetal, retendo majoritariamente o açúcar da beterraba. Portanto, é preferível comer a beterraba a bebê-la em forma de suco. 

Leia mais: Beterraba: Benefícios e como consumir

Benefícios e efeitos colaterais

A beterraba é abundante em compostos bioativos, bem como em nitrato inorgânico. A segunda substância, quando presente no organismo, é transformada em óxido nítrico, importante para a saúde do corpo. Ademais, seu efeito colateral mais notável é a melhora na performance física, ou seja, há o aumento da força muscular, melhora na função cardiovascular e redução da pressão arterial. 

Não só, a beterraba é conhecida por otimizar a função cognitiva, além de agir como antioxidante. Sua ação antioxidante reduz o estresse oxidativo, tal qual a inflamação do corpo. 

Leia também: Receita: 5 sucos nutritivos para o café da manhã

Cuidados no consumo

Apesar de ser, de modo geral, saudável, o suco de beterraba não é recomendável para todos. A explicação para isso é abundância de FODMAPs presentes na beterraba. 

Os FODMAPs são um conjunto de carboidratos que podem ser de difícil digestão para algumas pessoas (monossacarídeos, dissacarídeos, oligossacarídeos e polióis). Esses alimentos, apesar de nutritivos, tem uma característica osmótica (absorvem água) e fermentativa, piorando sintomas de gases e estufamento.

Além disso, a beterraba pode ser problemática para quem sofre de problemas nos rins. A razão para isso é a sua alta densidade nutritiva. Em especial, a grande quantidade de oxalato pode prejudicar os rins.

Leia mais: Sucos que deixam o corpo mais saudável

Sobre o autor

Nathália Lopes
Nathália Lopes
Estagiária de Jornalismo