Adeus, preguiça! Aprenda a vencer o sono após o almoço

Bem-estar Sono
16 de Maio, 2023
Adeus, preguiça! Aprenda a vencer o sono após o almoço

Você finaliza o almoço e, de repente, uma onda de sonolência parece te envolver, tornando difícil a missão de manter os olhos abertos e a mente alerta. Se você já passou por essa situação, especialmente no meio do trabalho, não está sozinho. Apesar de ser muito comum, o sono após o almoço tem relação com as escolhas alimentares que fazemos.

A seguir, confira estratégias para retomar a energia e ter uma tarde produtiva. 

Veja também: Como gerenciar sua energia para ser mais produtivo

Dicas para evitar o sono após o almoço

Faça escolhas mais saudáveis 

sono pós almoço

A seleção dos ingredientes do seu prato fazem a diferença após o almoço. Isso acontece porque alimentos ricos em gorduras e carboidratos demoram para ser digeridos pelo organismo, provocando uma reação mais lenta no estado de atenção. Além disso, alimentos com alto teor de carboidratos também aumentam a produção de triptofano, que age como precursor da melatonina, causando a sensação de sonolência. Por isso, opte por alimentos mais leves, mas que ainda sim, causam saciedade, como por exemplo: 

  • Proteínas magras: no lugar de fast foods e alimentos muito gordurosos, opte por fontes de proteínas magras como peixes e frango.
  • Grãos integrais: arroz e quinoa são alimentos que possuem fibras que ajudam a acelerar o processo de digestão.
  • Vegetais: alface, rúcula e brócolis contribuem para o reabastecimento de energia do organismo. 
  • Aposte em gorduras boas: salmão, azeite de oliva e sementes são alguns exemplos de gorduras boas que ajudam a promover a saciedade.

Evite refeições muito pesadas

A quantidade de comida também influencia na sensação de sonolência após o almoço. No processo de digestão, o organismo gasta muita energia para absorver os alimentos e, por consequência, diminui o fluxo sanguíneo no restante do corpo, o que provoca a sensação de preguiça e sonolência.

Por isso, sempre que possível, opte por fazer pequenas refeições de 3 em 3 horas, hábito que contribuirá para que, durante o almoço, você esteja mais saciado com porções menores. 

Faça uma caminhada leve 

Essa é uma estratégia muito interessante para contribuir com a digestão após o almoço e aumentar os níveis de energia. Assim, a caminhada estimula a circulação sanguínea e libera mais oxigênio para o cérebro, fazendo com que o estado de vigília seja atingido mais rapidamente.

Por outro lado, a exposição solar também contribui para a regulação do ritmo circadiano, que contribuirá com a sensação de alerta durante o restante do dia. Mas nada de exagerar. Cerca de 10 a 15 minutos são suficientes para obter esses benefícios e voltar renovado para o trabalho. 

Mantenha a higiene do sono

A higiene do sono é um conjunto de hábitos e orientações que podemos – e devemos – incluir no nosso dia a dia a fim de promover uma noite de sono restauradora. Mas, diferentemente do que a maioria entende como “higiene do sono”, ela não deve ser limitada apenas ao anoitecer, devendo começar desde o momento que acordamos. Assim, algumas dicas que podem contribuir com a sua higiene do sono são:

  • Estabeleça um horário para dormir e acordar;
  • Utilize a cama apenas para dormir e namorar;
  • Se exponha à luz solar pela manhã;
  • Evite a luz azul, principalmente após o escurecer;
  • Evite o consumo de bebidas alcoólicas antes de dormir.

Veja mais dicas: Higiene do sono: Já ouviu falar? Entenda a importância

Sono após o almoço: Quando buscar ajuda

Se a sensação de sonolência permanecer mesmo após a adoção das medidas listadas acima, busque um médico especialista em distúrbios do sono para avaliar a sua saúde. Em alguns casos, a sonolência diurna pode indicar condições mais complexas como hipersonia, narcolepsia etc. 

Cada distúrbio do sono hipersonia pode exigir abordagens específicas de tratamento, que podem incluir terapia comportamental, medicações ou outras intervenções terapêuticas.

 

Sobre o autor

Tayna Farias
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em gravidez e maternidade

Leia também:

dieta do ovo
Alimentação Bem-estar

Dieta do ovo 3 dias: cardápio do desafio do ovo

Já ouviu falar na dieta do ovo 3 dias? No desafio do ovo podemos consumir ovo em forma de omelete, mexido, cozido ou frito. Veja o

mãos preparando um chá de gengibre em uma bancada
Alimentação Bem-estar

Alivia enjoo, reduz cólicas e é antioxidante: benefícios do chá de gengibre

Raiz sempre foi usada por diferentes povos milenares, que acreditavam em suas propriedades medicinais