Síndrome de Vômitos Cíclicos: causas, complicações e tratamentos

Saúde
10 de Agosto, 2022
Síndrome de Vômitos Cíclicos: causas, complicações e tratamentos

Você já ouviu falar sobre a síndrome de vômitos cíclicos? A condição gera, sobretudo, episódios recorrentes de vômitos e, assim, requer atenção e tratamentos específicos.

O que é a síndrome de vômitos cíclicos (SVC)? 

“A síndrome de vômitos cíclicos é uma doença idiopática, caracterizada por recorrentes episódios de vômitos que persistem durante horas ou dias”, explica Roselene Espírito Santo Wagner, PhD em Neurociências, psicóloga e neuropsicóloga. “Os sintomas desaparecem até a próxima crise”, esclarece.

De acordo com a profissional, é preciso três ou mais episódios de vômitos recorrentes para definir o diagnóstico, assim como intervalos variáveis de saúde normal entre os episódios e sintomas que apresentam início e duração bem definidos. 

Além disso, outro ponto importante é que as causas dessa condição podem ser difusas e/ou multifatoriais. Ainda assim, ela costuma acometer principalmente pacientes que possuem: 

  • Enxaqueca;
  • Alergia a alimentos;
  • Doenças mitocondriais;
  • Defeitos no eixo hipotálamo-hipófise-adrenal;
  • Neuropatia hereditária sensitiva autonômica;
  • Questões com período menstrual;
  • Problema com uso de drogas.

Leia mais: O que acontece com o corpo quando misturamos diferentes bebidas alcoólicas

Como acontece o tratamento de SVC?

Roselene explica que ainda não existe uma cura para a síndrome de vômitos cíclicos. Entretanto, para a maioria das pessoas com a condição, os cuidados preventivos são os que trazem os maiores benefícios. Por isso, nesses casos, é importante evitar algumas práticas. Por exemplo:

  • Episódios de estresse;
  • Infecções;
  • Cansaço físico;
  • Alimentos específicos (como queijos e chocolates);
  • Clima quente;
  • Irregularidades do ciclo menstrual;
  • Comer em excesso ou fazer jejum por longos períodos;

“Fazer tratamento para enxaqueca também obtém um prognóstico muito positivo, ainda que os pacientes não tenham essa doença”, explica. “Alguns medicamentos, por exemplo, antieméticos (remédios para enjoos), sedativos, inibidores da acidez gástrica e antidepressivos também são frequentemente usados”, completa.

Mesmo sem cura ou tratamento específico, é importante procurar ajuda profissional após os episódios, já que a síndrome de vômitos cíclicos pode causar desidratação, com ressecamento das mucosas, sede intensa, palidez e redução do volume de urina. 

“A passagem frequente de conteúdo gástrico altamente ácido pelo esôfago e boca pode causar algumas complicações, por exemplo, esofagite (inflamação do esôfago) e corrosão do esmalte dos dentes”, finaliza.

Fonte: Roselene Espírito Santo Wagner, PhD em Neurociências, psicóloga e neuropsicóloga

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Medir a pressão arterial
Saúde

Medir a pressão arterial: veja novas recomendações

Veja novas recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma