Shake para emagrecer realmente funciona?

Alimentação Bem-estar
01 de Dezembro, 2022
Shake para emagrecer realmente funciona?

Quando o objetivo é perder peso, inúmeras são as estratégias adotadas. Os shakes fazem parte dessa lista. Considerados suplementos alimentares, eles servem como substitutos parciais de refeição. Isso porque se tratam de misturas em pó compostas por nutrientes essenciais para o bom funcionamento do corpo que devem ser diluídas e ingeridas com água. Diante da popularização de uma série de práticas ineficazes ou até perigosas, um estudo avaliou se o shake para emagrecer realmente funciona e se é seguro incluí-lo na alimentação.

A pesquisa envolveu uma revisão de 20 estudos publicados nos últimos 20 anos, além de dados de mais de 2 mil pessoas com sobrepeso ou obesidade. De acordo com a publicação, o shake para emagrecer é uma estratégia eficaz. Entretanto, é importante entender que ele funciona apenas como uma ferramenta para a perda de peso e, sem um estilo de vida saudável, dificilmente traz resultados positivos. Além disso, o suplemento precisa ser regulado pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e apresentar uma composição adequada para ser, de fato, saudável e eficiente.

Shake para emagrecer: como escolher?

Os suplementos alimentares devem receber aprovação da Anvisa para serem comercializados, sobretudo quando prometem ajudar no processo de emagrecimento. No início desse ano, a enfermeira Edmara Silva faleceu depois de ingerir um produto conhecido como 50 ervas, espécie de chá emagrecedor. Ele não tinha autorização da Agência de Vigilância e era proibido no Brasil desde 2020. 

Além disso, no caso dos shakes, é importante verificar a composição do produto. Isso porque ele deve conter ingredientes naturais e ser livre de aditivos artificiais. Muitas vezes, há uma grande concentração de carboidratos e poucas proteínas, além de conservantes – o que acaba não sendo tão proveitoso. Também é essencial ter acompanhamento nutricional antes de incluir o suplemento na rotina. 

Leia também: Como ficam os novos rótulos dos alimentos embalados no Brasil?

Benefícios

Entre os principais benefícios de consumir shake para emagrecer, estão:

  • Praticidade;
  • Baixo teor calórico;
  • Aumento da saciedade;
  • Fornecimento de fibras, vitaminas e minerais.

Como incluir na rotina

Primeiramente, é necessário consultar um profissional da área para entender a melhor estratégia para o seu objetivo e como adaptar isso para a sua realidade. De qualquer forma, a nutricionista Priscilla Ceci, professora do curso de nutrição do Centro Universitário IESB, explica que esses suplementos não devem substituir a alimentação. Assim, ela indica que a bebida esteja presente no café da manhã, almoço ou jantar – mas não mais de uma vez por dia.

Por isso, caso queira fazer uso do shake para emagrecer, é preciso aliá-lo a uma dieta com alimentos sólidos e a uma rotina de exercícios físicos. Além disso, vale entender que o consumo em excesso pode atrapalhar a função hepática, isto é, o bom funcionamento do fígado e das vesículas biliares, além de dificultar a socialização com os pares.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Remada baixa
Bem-estar Movimento

Remada baixa: para que serve e como fazer?

Comum em treinamento de força, o exercício fortalece os músculos das costas, como o dorso e trapézio

elevação pélvica
Bem-estar Movimento

Elevação pélvica: como fazer, benefícios e substituições

A elevação de quadril, também chamada de hip thrust ou elevação pélvica, é o ótima para trabalhar glúteos e pernas

chá de canela
Alimentação Bem-estar

Chá de canela: para que serve, benefícios e como preparar

A bebida é uma ótima opção para esquentar o corpo — muitos afirmam, ainda, que ela emagrece. Saiba tudo sobre o chá de canela