Saúde íntima durante a menstruação: veja seis cuidados essenciais

Saúde
08 de Novembro, 2022
Saúde íntima durante a menstruação: veja seis cuidados essenciais

O período menstrual exige alguns cuidados especiais por parte da mulher. É o que recomenda a Dra. Carla Geni Staats, ginecologista, durante uma live realizada pela AMCR (Associação Mulher, Ciência e Reprodução Humana do Brasil), no início de outubro. Segundo ela, muitas mulheres ainda desconhecem a forma correta de utilizar os absorventes e coletores, gerando abafamento da região, umidade em excesso e consequências como maceração da pele, odores desagradáveis e também a proliferação de fungos. Por isso, a médica indica dicas essenciais para cuidar da saúde íntima durante a menstruação.

“Assim como ocorre a oscilação dos hormônios estrogênio e progesterona, com a chegada do sangramento também cresce o número de fungos que vivem na região vaginal devido à descamação do endométrio, eliminação de restos celulares e perda de sangue. Com isso, o pH fica desequilibrado, o que cria o ambiente perfeito para infecções, como a candidíase”, explica a médica.

A Dra. Carla alerta que a vagina é um órgão úmido, pois o revestimento é mucosa, e se houver abafamento, isso aumenta ainda mais a secreção vaginal. Um exemplo simples é saber que a nossa boca também é revestido por mucosa, então “imagine ficar o dia inteiro de boca fechada, isso vai fazer com que a secreção transborde e favoreçam um crescimento desordenado micro-organismos (bactérias)”, afirma.

Então, a médica detalhou 6 cuidados essenciais para a saúde íntima da mulher no período menstrual. Confira!

Não use protetores diários de forma rotineira

Embora eles tenham a palavra “diário” no nome, eles não foram feitos para ter uso em todos os dias. De acordo com a ginecologista, eles devem ter uso somente no caso da mulher estar fazendo uso de cremes vaginais, ou no final da menstruação, ou caso tenham algum escape sanguíneo. “Outra situação é utilizá-los durante a atividade física, caso a mulher sue muito na região genital. Mas eles devem ser retirados assim que o exercício acabar”, esclarece Dra. Carla.

Leia também: Corrimento vaginal: quais os tipos e o que representam para a saúde?

Troque os absorventes externos a cada quatro horas

Dependendo do fluxo, a troca deve ser mais frequente, de acordo com a especialista. Caso isso não aconteça, eles podem ficar muito úmidos, abafando as partes genitais e causando inclusive odores desagradáveis.

Saúde íntima durante a menstruação: retire os absorventes internos para dormir

Este tipo de produto não pode permanecer dentro da vagina por mais de seis horas, portanto não se deve dormir com ele. Isso porque dentro da vagina existem toxinas e bactérias que podem se proliferar rapidamente, abrindo espaço para fungos e outras infecções.

Coletores menstruais também devem ser retirados para dormir

Os coletores menstruais são uma excelente opção ante os produtos citados anteriormente, segundo Dra. Carla. Quando colocados corretamente, não causam nenhum desconforto à mulher, não há irritação local ou odor. Além disso, sua higienização é feita de maneira prática durante o período menstrual, utilizando-se água corrente e sabão neutro.

“Entretanto, a recomendação é de não dormir com ele. Há casos de mulheres que tiveram formação de úlceras na parede vaginal por conta de ficar mais de 12 horas com o coletor”, avisa a médica.

Saúde íntima durante a menstruação: coloque as calcinhas absorventes para secar no sol

Isso evita a formação de fungos. “As calcinhas absorventes estão na moda, e há muitas razões para isso: são ecologicamente corretas, práticas e não possuem tantas substâncias artificiais em sua composição”, diz a médica. Assim, ela recomenda também lavá-la em água corrente, com sabão neutro.

Não há restrições quanto à atividade sexual

Por fim, a médica lembra que não é preciso deixar de ter relações sexuais no período. “A menos que você seja especialmente sensível, o sexo está liberado. Inclusive, ela pode até mesmo oferecer algumas vantagens, como o alívio das cólicas”, finaliza a ginecologista.

Fonte: Dra. Carla Geni Staats, ginecologista da Associação Mulher, Ciência e Reprodução Humana do Brasil (AMCR).

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Medir a pressão arterial
Saúde

Medir a pressão arterial: veja novas recomendações

Veja novas recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma