Sacroileíte: o que é, sintomas, causas e como tratar

Saúde
16 de Fevereiro, 2022
Sacroileíte: o que é, sintomas, causas e como tratar

A sacroileíte consiste em uma inflamação das articulações sacroilíacas, ou seja, entre a coluna vertebral e a bacia. Assim, esta condição é uma das causas mais comuns de dor no quadril. Também pode afetar a parte inferior das costas ou nas nádegas, se estendendo para as pernas.

Existem diversos fatores que podem desencadear a sacroileíte. Como por exemplo, subir ou descer escadas, ficar em pé por muito tempo e carregar mais peso em uma perna do que em outra.

O diagnóstico da sacroileíte, muitas vezes, pode ser confundido com uma simples dor na coluna lombar. No entanto, isso pode agravar o quadro da doença e trazer mais dor. 

Leia também: Como proteger a lombar durante os exercícios

Causas

As principais causas da sacroileíte incluem:

  • Doenças como artrite de desgaste e gota;
  • Queda ou acidente que tenha causado dano às articulações sacroilíacas;
  • Problemas da coluna, como hérnia de disco;
  • Sobrecarga da articulação durante exercícios;
  • Ter uma perna maior que a outra;
  • Infecções na articulação.

Sintomas da sacroileíte

Os sintomas podem variar de pessoa para pessoa. Contudo, geralmente, surgem os seguintes sintomas: 

  • Dor na região lombar, no quadril, na pélvis e nádegas;
  • Dor que piora subindo escadas;
  • Desconforto nos joelhos;
  • Rigidez na parte inferior da coluna;
  • Dificuldades para dormir.

Diagnóstico e tratamento

Obter o diagnóstico da sacroileíte não é tão fácil, uma vez que os sintomas são relacionados a outros problemas de coluna. Por isso, é importante realizar um exame físico e exames de imagem como raio X ou ressonância magnética para confirmar a doença. 

Após ter o diagnóstico completo, o médico indicará o melhor tratamento de acordo com a gravidade da condição, a fim de aliviar os sintomas. 

Assim, o tratamento pode ser feito através de medicamentos como analgésicos, anti-inflamatórios e relaxantes musculares. Em casos mais graves, são aplicadas injeções de corticóides direto na articulação e em caso de infecção pela presença de micro-organismos no local, o tratamento é feito com antibióticos.

Além disso, a fisioterapia também pode ser uma ótima opção, pois promove a correção da postura e o fortalecimento das articulações como um todo. Durante as sessões, o especialista pode recomendar exercícios de alongamentos que ajudam a aumentar a flexibilidade dos músculos e aliviar as dores.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Medir a pressão arterial
Saúde

Medir a pressão arterial: veja novas recomendações

Veja novas recomendações da Sociedade Brasileira de Cardiologia

mulher se consultando com um médico
Bem-estar Saúde

Preparação para a bariátrica vai além dos exames e envolve mudanças de vida

Antes de entrar no centro cirúrgico, o candidato à cirurgia bariátrica percorre um caminho de preparação que promete mais do que a perda de peso: uma