Quem tem colesterol alto pode comer cuscuz?

Alimentação Bem-estar
02 de Fevereiro, 2022
Quem tem colesterol alto pode comer cuscuz?

Quem convive com o chamado “colesterol alto” ouve muitos conselhos a respeito da alimentação. O consumo (ou não) de carboidratos é um deles. Não é à toa, então, que muita gente fica em dúvida: quem tem colesterol alto pode comer cuscuz? Saiba mais:

O que é colesterol?

O colesterol é um composto orgânico essencial para o funcionamento do organismo. Ele circula pelo sangue e pelos tecidos e tem funções variadas. Contribui, por exemplo, para a produção de cortisol (que controla o estresse) e de hormônios sexuais. Também ajuda na síntese de vitamina D e de ácidos envolvidos na digestão de gorduras no trato gastrointestinal.

Essa substância é solúvel apenas em gorduras, portanto, precisa ser transportada pelo sangue através de lipoproteínas: o HDL (High Density Lipoprotein, o considerado “bom”) e o LDL (Low Density Lipoprotein, o “ruim”).

“Apesar de importante, esse composto gorduroso não deve ultrapassar valores considerados limites. Sendo, portanto, indispensável o acompanhamento de um médico para maior segurança do paciente. Isso porque colesterol corretamente interpretado como elevado pode predispor a cardiopatias”, explica a nutricionista Dayse Paravidino.

No geral, valores considerados normais são:

  • Colesterol Total dividido pelo HDL = (menor que 4,5);
  • Triglicerídeos divididos pelo HDL = (menor que 2);
  • HDL acima de 40.

Leia também: Victoria Beckham come a mesma coisa todos os dias há 25 anos. Hábito é saudável?

Quem tem colesterol alto pode comer cuscuz?

“Justamente por ser à base de farinha de milho, o cuscuz nordestino poderá não ser a melhor opção para quem está de olho no colesterol. Comer uma espiga de milho não tem o mesmo efeito metabólico do que comer farinha de milho”, diz a profissional.

Isso acontece porque quando refinamos qualquer alimento para transformá-lo em farinha, são destruídas estruturas celulares importantes, que tornariam a absorção dos carboidratos pelo corpo mais lenta. Além disso, a especialista explica também que quando consumimos algo refinado, costumamos comer mais (por se tratar de um alimento concentrado).

E aí, já viu: carboidratos em excesso no organismo acabam sendo estocados em forma de gordura. Contudo, isso não quer dizer que você nunca mais vai poder comer cuscuz na vida: ele pode, sim, fazer parte de uma dieta saudável. O ideal, então, é contar com a ajuda de um nutricionista, que montará um cardápio com equilíbrio de macronutrientes para não haver exageros e sem excluir os alimentos que você gosta.

Leia também: Afinal, quantas bananas posso comer por dia? Especialista responde

Fonte: Dayse Paravidino, nutricionista, membro da Associação Brasileira de Nutrição (ASBRAN) e da Associação Brasileira de Nutrição Materno Infantil (ASBRANMI).

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

mulher de lado tomando um suco verde em um copo
Alimentação Bem-estar

Como comer mais fibras no dia a dia? Dicas simples

O nutriente promove saciedade, melhora o trânsito intestinal, ajuda a evitar picos de açúcar no sangue e diminui a absorção das gorduras. Veja como comer mais

foto mostra diferentes pincéis de maquiagem
Beleza Bem-estar

Pincéis e esponjas de maquiagem podem causar acne e alergias. Como higienizar?

Você já tentou de tudo, mas não consegue se livrar do aparecimento de espinhas? Já tentou lavar seus pincéis e esponjas de maquiagem?

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!