Poluição sonora: como pode afetar a saúde

Saúde
10 de Maio, 2023
Poluição sonora: como pode afetar a saúde

A poluição sonora é a presença de ruídos excessivos e indesejados no ambiente, que podem causar prejuízos à saúde e ao bem-estar das pessoas e dos animais. Assim, esses ruídos podem ser produzidos por fontes variadas, como tráfego de veículos, construções, indústrias, sistemas de som, entre outros.

Nos dias atuais, a exposição a uma grande quantidade de ruídos diariamente tornou-se comum, principalmente nas grandes cidades. Mas além da perda auditiva, a poluição sonora também está relacionada ao déficit de raciocínio.

Perda auditiva

De acordo com o Pós PhD em neurociências, Dr. Fabiano de Abreu Agrela, a poluição sonora pode causar uma série de problemas para a sua saúde, um dos principais é a perda auditiva.

“Até 5% da perda auditiva e surdez da população mundial está relacionado à poluição sonora em grandes cidades. A razão mais comum que as pessoas perdem sua audição como adultos é perda auditiva relacionada à idade, chamada presbiacusia, uma alteração no órgão auditivo gerada pela idade, mas que também sofre influência do ambiente”.

Além disso, o especialista explica que o aumento dos casos de presbiacusia está relacionado com o fato de vivermos em um ambiente com muito barulho. “Isso causa uma perda auditiva gradual e queda na qualidade de vida” afirma Dr. Fabiano.

Leia também: Ouvir música alta causa perda auditiva em mais de 1 bilhão de jovens

Poluição sonora e o cérebro

Segundo um estudo financiado pelo Fundo Nacional para Pesquisa Científica (SNSF) e publicado na revista Environmental Research, o barulho gerado pelo trânsito pode causar déficits de concentração e memória.

O estudo analisou cerca de 900 adolescentes entre 10 e 17 anos em exposição a níveis diferentes de ruídos vindos do trânsito. Os pesquisadores analisaram suas habilidades cognitivas antes e depois desse período. 

Assim, eles chegaram à conclusão de que a cada 10dB acima da média do barulho no trânsito, a memória chamada figurativa, responsável por registrar memórias, reduziu-se cerca de 0,27 pontos. Além disso, a capacidade de concentração diminuiu em 0,13.

“Apenas uma conclusão lógica pode ajudar a perceber que memorizar e manter a concentração em meio a um ambiente barulhento ou após horas de exposição a ele geram níveis de estresse que prejudicam essas capacidades”, finaliza o especialista.

Fonte: Dr. Fabiano de Abreu Agrela, Pós PhD em neurociências.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Ozempic e anticoncepcional
Saúde

Ozempic pode cortar o efeito do anticoncepcional? Médica explica

Nas redes sociais, não faltam relatos sobre o efeito do Ozempic no aumento da fertilidade

Chá de erva baleeira
Alimentação Bem-estar Saúde

Chá de erva baleeira emagrece? Veja benefícios e como fazer

A erva é eficaz em tratamentos de reumatismo, gota, dores musculares e até úlceras; saiba mais

mulher sentada na mesa da cozinha com remédios para gripe na sua frente
Saúde

Queda na temperatura exige cuidados com a saúde. Confira

Neste fim de semana, o frio vai estar presente em diversas capitais. Queda na temperatura pede alguns cuidados com a saúde respiratória