Pelé tem piora no quadro de câncer e passará Natal internado

Saúde
21 de Dezembro, 2022
Pelé tem piora no quadro de câncer e passará Natal internado

O ex-jogador de futebol Pelé tem uma piora no quadro de câncer de cólon, de acordo com boletim médico divulgado nesta quarta-feira (21), pelo Hospital Albert Einstein, em São Paulo.  O rei do futebol está internado desde o dia 29 de novembro para tratar a doença. Agora, segundo o boletim, Pelé precisa de cuidados relacionados às disfunções renal e cardíaca.

“Internado desde 29 de novembro para uma reavaliação da terapia quimioterápica para tumor de cólon e tratamento de uma infecção respiratória, Edson Arantes do Nascimento apresenta progressão da doença oncológica e requer maiores cuidados relacionados às disfunções renal e cardíaca. O paciente segue internado em quarto comum, sob os cuidados necessários da equipe médica”, escreveu o hospital.

No entanto, o comunicado não cita o quadro de infecção respiratória, que era o principal foco de ação dos médicos até então. Entenda agora

Leia mais: Pelé: entenda o que é o câncer de cólon e seus sintomas

Piora no quadro: Pelé tem recebido cuidados paliativos 

Em 2021, Pelé passou por uma cirurgia para tratar o câncer de cólon e, no início desse ano, foi diagnosticado com metástase no intestino, pulmão e fígado.

No entanto, Pelé não estava mais reagindo à terapia curativa e tem passado por cuidados paliativos para amenizar os sintomas da enfermidade. Em publicação no Instagram, o símbolo do Santos tranquilizou os seguidores: “estou forte, com muita esperança e sigo meu tratamento como sempre”, escreveu.

De acordo com o Instituto Nacional de Câncer (INCA), o tratamento paliativo são os “cuidados de saúde ativos e integrais prestados à pessoa com doença grave, progressiva e que ameaça a continuidade de sua vida”.

A premissa da abordagem, portanto, é trazer mais conforto ao paciente, e envolve uma série de profissionais e práticas para esse objetivo. Por exemplo, após uma cirurgia ou avanço de um câncer de garganta, a pessoa pode ter problemas para engolir e falar.

Dessa forma, é essencial ter o suporte de um fonoaudiólogo para auxiliar com exercícios capazes de melhorar as funções. Além disso, a inclusão de psicólogos, nutricionistas, psiquiatras, fisioterapeutas e outros especialistas contribuem para a missão de uma vida melhor ao paciente. Em conjunto, as medidas são capazes de reduzir as dores e outros sintomas físicos debilitantes.

Pelé tem piora no quadro e filha comenta quadro de saúde do pai

Por fim, a filha do Pelé, Kely Nascimento, também falou sobre a situação do ex-jogador. Ela utilizou as suas redes sociais para informar que o Rei passará o Natal internado em São Paulo.

Kely disse que essa foi uma decisão tomada pela família em conjunto com os médicos. A ideia é deixar o tricampeão mundial com o máximo de cuidado possível.

“O nosso Natal em casa foi suspenso. Nós decidimos com os médicos que, por várias razões, será melhor a gente ficar por aqui mesmo, com todo esse cuidado que esta nova família … Einstein nos dá!”, escreveu.

“Nós, como sempre, agradecemos todo o carinho que vocês transmitem aqui no Brasil como do mundo inteiro! O seu amor por ele, as suas histórias e a suas preces são um conforto enorme, porque sabemos que não estamos sós. Vamos virar esse quarto num sambódromo (é brincadeira), vamos fazer até caipirinhas (não é brincadeira!!)”, completou.

Sobre o autor

Fernanda Lima
Jornalista e Subeditora da Vitat. Especialista em saúde

Leia também:

foto de folhas de citronela em uma bandeja de bambu
Bem-estar Casa Saúde

Planta citronela espanta mosquito da dengue?

A planta possui um óleo essencial desagradável para alguns insetos. Contudo, a citronela não deve ser a única estratégia para espantar o mosquito da dengue

Cinco habitos
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Cinco hábitos indispensáveis para a saúde

Para iniciar uma mudança de comportamento, confira cinco atitudes simples para incorporar no dia a dia que trazem benefícios no futuro

Dengue e Covid
Saúde

Dengue e Covid-19: como diferenciar os sintomas?

Em meio a uma explosão de casos de dengue e o aumento de infecções por covid-19 no Brasil, sintomas geram muitas dúvidas. Veja diferenças