Noctúria: quando as idas ao banheiro são um sinal de alerta?

Saúde
06 de Setembro, 2023
Noctúria: quando as idas ao banheiro são um sinal de alerta?

Vez ou outra, é comum acordar no meio da noite para fazer xixi. No entanto, se a prática acontece com muita frequência, pode ser sinal de uma condição pouco conhecida: a noctúria.

Veja também: O que acontece com seu corpo se você sempre segurar o xixi

O que é a noctúria?

É nada mais do que o aumento de idas ao banheiro durante a noite. Geralmente, duas vezes ou mais. O problema é mais recorrente com o passar dos anos, devido ao envelhecimento natural dos órgãos e das alterações na anatomia, também típicas da idade avançada.

Contudo, a noctúria pode atingir pessoas mais jovens. Logo, não há uma regra para a incidência do quadro.

Quais são as causas?

Além das mudanças que podemos sofrer no organismo com o decorrer da idade, homens e mulheres podem sofrer por causas distintas. Por exemplo, homens podem ter mais vontade de ir ao banheiro devido ao aumento da próstata, seja por inflamação ou outro motivo.

Já as mulheres podem ter noctúria por causa da gravidez, do prolapso de órgãos decorrentes do parto, caso seja normal, e da menopausa. Outra razão é a obesidade: o excesso de peso pode comprimir a bexiga, o que aumenta a vontade de fazer xixi mais vezes.

A noctúria ainda tem outras origens que homens e mulheres têm em comum. Confira:

  • Beber líquidos antes de se deitar: sobretudo bebidas diuréticas, que estimulam a micção.
  • Medicamentos diuréticos: o mesmo vale para remédios com esse efeito. Por isso, é bom conferir os possíveis efeitos colaterais ao tomar um fármaco.
  • Infecções e inflamações do trato urinário: cistite, nefrite e outros tipos de infecção urinária costumam trazer a sensação de bexiga cheia, mesmo indo ao banheiro.
  • Diabetes e pressão alta: as duas condições podem provocar a noctúria.
  • Tendência ou presença de distúrbios circulatórios: tais condições geram retenção de líquidos nas pernas, tornozelos e pés.

Como confirmar o diagnóstico?

A maioria dos diagnósticos é clínico. Ou seja, o médico faz uma avaliação dos sintomas, dos hábitos e do histórico de saúde do paciente.

Entretanto, para identificar a causa, o médico pode solicitar exames de urina, de sangue e de imagem para verificar a função renal, se há sinais de infecções ou outras condições que exijam investigação.

Tratamento da noctúria

Os cuidados dependem da razão da noctúria. Mas, de forma geral, o médico pode recomendar algumas medidas que ajudam a diminuir ou combater o despertar noturno para urinar. São elas:

  • Limitar a ingestão de líquidos à noite.
  • Mudar o horário de medicamentos que podem incentivar a micção.
  • Perder peso, se o problema estiver relacionado com a obesidade.
  • Fazer massagens para amenizar a retenção de líquidos.
  • Apostar em exercícios que fortaleçam o assoalho pélvico, se houver frouxidão dos órgãos ou músculos da região.

Devo me preocupar com a condição?

A noctúria em si não é grave, mas pode ser o sintoma de uma doença que inspira atenção médica. Se for negligenciada, pode agravar a causa e prejudicar outros pilares da boa saúde, como o sono. Afinal, as muitas idas ao banheiro atrapalham o ciclo do sono. Não à toa, a maioria das pessoas que convive com o problema acorda cansada e sem energia, justamente pela interrupção do descanso.

Portanto, ao perceber que está despertando sempre para fazer xixi, procure ajuda de um médico nefrologista ou urologista.

Referências: Cleveland Clinic; MSD Manuals; e European Association of Urology.

 

Sobre o autor

Amanda Preto
Jornalista especializada em saúde, bem-estar, movimento e professora de yoga há 10 anos.

Leia também:

Por quanto tempo devo tomar vitamina C
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar vitamina C?

Aliada a imunidade e a beleza, a vitamina C está ligada a uma série de benefícios para a saúde. Veja recomendações sobre o consumo prolongado

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte