Estudo aponta melhor dieta para atrasar progressão do Alzheimer

Alimentação Bem-estar Saúde
23 de Maio, 2023
Estudo aponta melhor dieta para atrasar progressão do Alzheimer

A doença de Alzheimer (DA) é uma condição neurodegenerativa progressiva, caracterizada pelo declínio da capacidade cognitiva. Atualmente, não existe cura para ela. Contudo, já é sabido que algumas medidas, como intervenções nutricionais, podem ajudar a retardar a progressão da doença. Pensando nisso, pesquisadores resolveram investigar qual seria a melhor dieta no caso do Alzheimer. Confira:

Leia também: Doença de Alzheimer: o que é, sintomas, causas e tratamentos

Melhor dieta para o Alzheimer: como funcionou o estudo

O artigo, publicado no começo de maio no periódico Frontiers in Neuroscience, selecionou 38 estudos anteriores (feitos entre 2018 e 2022) relacionados ao assunto para uma revisão sistemática.

Assim, os cientistas chegaram à conclusão de que a dieta ocidental como a conhecemos hoje (rica em ultraprocessados, carboidratos simples, embutidos e frituras) consiste em um importante fator de risco para o desenvolvimento do Alzheimer.

Por outro lado, as dietas mediterrânea, DASH e baixa em gordura, assim como a suplementação de ômega-3 e de probióticos, mostraram ser estratégias importantes para prevenir a doença — em casos leves e moderados. Pesquisas anteriores também já haviam identificado uma relação entre a dieta cetogênica e a diminuição da progressão da condição.

De acordo com os autores, isso acontece porque uma alimentação equilibrada é capaz de diminuir os níveis de inflamação e de estresse oxidativo no corpo. Reduzindo, assim, o acúmulo da proteína beta-amiloide no cérebro. Para você entender melhor, o excesso de beta-amiloide na região é uma das principais causas do Alzheimer.

“Os resultados mostraram que as intervenções nutricionais são capazes de retardar a taxa de progressão da doença de Alzheimer, melhorando, desse modo, a função cognitiva e a qualidade de vida dos pacientes. No entanto, muitas lacunas de conhecimento ainda precisam ser investigadas; portanto, recomenda-se um estudo mais aprofundado sobre a associação entre nutrição e a DA”, finalizaram os pesquisadores.

Referência: Effect of nutrition in Alzheimer’s disease: A systematic review.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina