Como usar a meditação para emagrecer ainda mais

Bem-estar Equilíbrio
04 de Junho, 2020
Como usar a meditação para emagrecer ainda mais

A meditação surgiu com o intuito de, entre outros propósitos, colocar o indivíduo em uma jornada para o autoconhecimento. Dessa maneira, é possível descobrir o motivo de nossas atitudes, sentimentos, motivações e ações. Seria possível canalizar essa prática para obter melhores resultados na perda de peso? Ou seja, usar a meditação para emagrecer ainda mais?

Benefícios da meditação

  • Estimula a criatividade
  • Aumenta a inteligência e a memória

Meditação para emagrecer: Entenda a relação

Considerando que a meditação é uma prática que vai levar você a se conhecer melhor, podemos, sim, afirmar que ela pode ajudar no processo de emagrecimento. Afinal, dessa maneira você descobrirá respostas para aquelas perguntas que todo mundo que quer emagrecer faz: Por que não consigo me controlar? Por que continuo fazendo coisas que eu sei que me farão engordar?

Essas perguntas, que muitas vezes parecem ter respostas óbvias, são muito mais complicadas do que parecem. Para respondê-las, é preciso irmos de encontro ao nosso “eu interior”, a verdadeira essência. É lá que você encontrará as respostas que procura para descobrir todas as suas motivações.

Meditar para potencializar o emagrecimento

Com um dia a dia tão corrido e repleto de demandas que exigem muito de nós, como conseguir um tempo livre para meditar? Como esvaziar a mente com tantas preocupações? Infelizmente, não há uma fórmula mágica. Caso queira fazer esse investimento na sua saúde mental, você vai precisar de muita paciência, foco e disciplina, além de um lugar calmo, arejado e confortável.

Um estudo realizado pela Universidade de Otago, Nova Zelândia, concluiu que meditar funciona melhor do que “fazer dieta”. O estudo foi publicado no American Journal of Health Promotion e foi feito com 225 mulheres pelo período de 2 anos. As mulheres foram divididas em 3 grupos, sendo que aquelas que meditavam tiveram mais sucesso no emagrecimento do que aquelas que não cultivaram esse hábito.

Segundo os pesquisadores, a meditação ajudaria a pessoa a se ater mais à ansiedade e prestar mais atenção no que come e nas escolhas alimentares – algumas das bases do famoso mindful eating. 

Mindful eating: A meditação para emagrecer

Comer com atenção plena. Buscar se alimentar de maneira consciente, percebendo o tipo de alimento se está ingerindo e o gosto, a fim de extrair o máximo benefício. É o que prega o mindful eating, técnica milenar bastante usada na nutrição comportamental e que propõe a conscientização dos sinais e das respostas ao ato de nutrir-se, mantendo a curiosidade no sentido de buscar a percepção das sensações.

De acordo com o mindful eating, nenhum dos extremos é “certo” na hora de se alimentar. Se a relação com a comida não é boa, ela vira obsessão, aumenta a insatisfação e a insegurança, o que leva a más escolhas à mesa, num círculo vicioso.

Por isso, apesar de não se tratar de uma dieta (a técnica não trabalha com restrição, plano alimentar, contagem de calorias ou alimentos proibidos), esse conceito pode ajudar no controle do peso. Mas, a diferença é que esse método busca proporcionar uma nova relação com a comida. Modificando o hábito de se alimentar desorganizadamente e buscando levar esse hábito solidificado para a vida.

Leia também: Mindful Eating: O método que ensina a comer de forma consciente

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

foto de um prato colorido com legumes, salada e grãos
Alimentação Bem-estar Receitas

Encontrar receitas vegetarianas é difícil para você? Veja 20 opções!

Aqui na Vitat, você consegue encontrar inúmeras opções de receitas vegetarianas para variar o seu cardápio. Separamos algumas, confira!

5 benefícios da banana
Alimentação Bem-estar

5 benefícios da banana para os atletas

Liberação gradual de energia e recuperação muscular são alguns dos benefícios. Veja outros!