Lentes para luz azul não aliviam visão cansada por telas, diz estudo

Saúde
14 de Setembro, 2023
Lentes para luz azul não aliviam visão cansada por telas, diz estudo

Com o excesso de telas, o lançamento dos óculos com lentes para luz azul fizeram sucesso entre os usuários do acessório. A premissa do produto é proteger os olhos dos efeitos da luz azul, que são emitidos pelas telas de computadores e smartphones.

Acredita-se que a exposição frequente a esse tipo de luz pode gerar impactos na saúde, incluindo fadiga ocular e distúrbios do sono. Fixar o olhar na luz azul antes de dormir pode estimular o estado de alerta (em conjunto com o acesso a redes), o que atrapalha o ciclo natural do sono.

Apesar da proposta dos óculos específicos para minimizar esses problemas, uma revisão recente, feita por pesquisadores australianos contradiz os benefícios.

Veja também: Como ajustar a qualidade do seu sono

Lentes para luz azul não fazem diferença na rotina

A revisão analisou 17 estudos de seis países distintos. Nos materiais, os autores avaliaram o comparativo entre usuários das lentes azuis e indivíduos que utilizavam óculos convencionais, de lentes simples.

Como resultado, não descobriram evidências de que os óculos com lentes azuis faziam diferença no quesito melhora do sono ou diminuição do cansaço visual.

O motivo é que o acessório não é capaz de filtrar toda a luz azul que chega aos olhos. De acordo com um dos responsáveis pela revisão, as lentes absorvem “entre 10% e 15%”.

Quanto à fadiga, a pouca eficácia do produto é porque o sintoma não tem relação direta com a luz azul. Na verdade, a famosa “vista cansada” tem como principal razão o fato de piscarmos pouco quando estamos lendo ou assistindo algo nas telas.

Dessa forma, os olhos acabam ficando mais ressecados, o que aumenta a fadiga. Apesar disso, os óculos também não prejudicam a visão — só não são relevantes para o que se propõem.

“São necessários futuros estudos randomizados de alta qualidade para definir melhor os efeitos das lentes com filtro de luz azul no desempenho visual, na saúde macular e no sono, em populações adultas”, afirma um trecho da revisão.

Como prevenir a fadiga da visão?

A seguir, confira o episódio do nosso podcast De bem com você, com a participação da oftalmologista Renata Rabelo Ferretti, que fala sobre como deve ser o cuidado ideal com os olhos para evitar problemas de visão decorrentes do uso excessivo de telas. Dê o play e compartilhe com quem precisa!

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Por quanto tempo devo tomar vitamina C
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar vitamina C?

Aliada a imunidade e a beleza, a vitamina C está ligada a uma série de benefícios para a saúde. Veja recomendações sobre o consumo prolongado

montagem com as fotos de Wagner
Saúde

Ele já fez mais de 100 doações de sangue e plaquetas: “dar um pouco da minha saúde para quem precisa”

Conheça a história de Wagner Hirata, que tem as doações de sangue e plaquetas como um de seus propósitos de vida

neuralgia do trigêmeo
Saúde

Neuralgia do trigêmeo: doença que provoca uma das piores dores do mundo

Sintomas de doença são dores muito fortes e rápidas em apenas um lado do rosto, causando sensação de choque ou de um golpe muito forte