Joelho de corredor: Saiba como identificar e tratar a lesão

30 de setembro, 2021

Sentir dores nos joelhos é comum entre pessoas que praticam atividade física de alto impacto, como corredores que optam por treinar em terrenos acidentados. Mas há uma explicação científica para esse incômodo, e leva o nome de joelho de corredor.

Também chamado de Síndrome do Trato Iliotibial, o joelho de corredor consiste em uma inflamação que causa dor na lateral do joelho, podendo chegar até a perna, no osso da tíbia.

Leia também: Exercícios para os pés reduzem em duas vezes e meia o risco de lesões na corrida

Como identificar o joelho de corredor

Para identificar a lesão, é importante estar atento aos sinais. Dessa maneira, os principais sintomas incluem:

  • Dor na lateral do joelho, que pode aparecer no início ou final da atividade;
  • Dificuldade para realizar movimentos simples, como agachar, por exemplo.

Leia também: Fortalecer os joelhos: Conheça os melhores exercícios

Causas do joelho de corredor

As causas do problema são diversas. Assim, veja as principais:

  • Falta de fortalecimento dos músculos laterais do quadril, que são responsáveis por mantê-lo firme na corrida;
  • Fraqueza de quadríceps;
  • Problemas na biomecânica da corrida — alto impacto na aterrissagem, por exemplo;
  • Desvios posturais no joelho, como o valgo (um joelho encostando no outro);
  • Falta de descanso.

Leia também: Lesões musculares: Como acelerar a recuperação

Tratamento

Após o diagnóstico, o tratamento é feito com base na gravidade da lesão.

Geralmente, os médicos indicam o uso de medicamentos analgésicos e anti-inflamatórios para aliviar as dores. Além disso, o ideal é realizar sessões de fisioterapia para reduzir a dor e também ajudar na delimitação dos movimentos. Outra dica é utilizar compressas de gelo na região por 20 minutos a cada 2 horas.

Além disso, durante o período de recuperação, é importante que o paciente tenha os devidos cuidados. Dessa forma, se o profissional liberar a prática de atividade física, o ideal é realizar exercícios que não exijam tanto dos joelhos.

Sobre o autor

Julia Moraes
Julia Moraes
Estagiária de Jornalismo