Implanon: o que é e quais são os benefícios

Saúde
11 de Março, 2022
Implanon: o que é e quais são os benefícios

Quando o assunto é método contraceptivo, podemos pensar em diversos deles. Se você é mulher, provavelmente já ouviu falar sobre o Implanon, um dos mais utilizados atualmente.

O que é implanon? 

O implante anticoncepcional – mais conhecido como implanon – consiste em chip contraceptivo que libera de forma contínua no organismo um hormônio derivado da progesterona (etonogestrel). Assim, o método bloqueia a ação dos ovários e muda as características do muco cervical promovendo anticoncepção por até 3 anos.

O Dr. Luis Gustavo Cesario, médico ginecologista e coordenador da maternidade da Santa Casa de São José dos Campos, explica que ao contrário do anticoncepcional, o implante promove este hormônio de forma lenta e contínua no organismo, em quantidades geralmente mais baixas.

Além disso, o Implanon é reversível. Ou seja, caso a mulher queira engravidar, é possível retirar o dispositivo e estar apta para a gestação. 

Vantagens do Implanon

De acordo com o Dr. Luis Gustavo, o Implanon tem eficácia acima do DIU, contraceptivos orais e até mesmo da ligadura das trompas.

O Implanon é um dos métodos contraceptivos mais seguros, sua taxa de eficácia ultrapassa os 99% e o índice de falha é de 0,05%. 

Veja os principais benefícios deste método contraceptivo:

  • Tende a promover amenorreia (ausência de menstruação);
  • Tem longa duração;
  • Diminui a tensão menstrual (TPM);
  • Não afeta estômago e fígado;
  • Não provoca náusea e vômito;
  • É de fácil inserção;
  • Pode ser usado durante a amamentação;
  • Serve como excelente opção para pacientes que possuem contraindicação ao uso de derivados do estrógeno (pílulas de hormônios combinados).

Leia também: DIU Kyleena: Saiba como funciona, quais as vantagens e indicações

Contraindicação

O implante contraceptivo é recomendado para mulheres de qualquer idade que desejam um método seguro para evitar a gravidez. Mas assim como outros métodos, o Implanon não é indicado para todos. “É contraindicado para pacientes que tenham alergia a qualquer componente da fórmula, pacientes com histórico ou presença de trombose, icterícia, câncer de mama ou de órgãos genitais, sangramento vaginal de origem desconhecida. E claro, caso haja suspeita ou confirmação de gravidez”, explica o Dr. Gustavo.

Como funciona a colocação

O dispositivo tem a forma de um bastão e é inserido na parte interna do braço. Antes de mais nada, se você deseja optar pelo Implanon, é fundamental buscar avaliação de um ginecologista e realizar os exames indicados para saber se está tudo bem com a sua saúde.

A colocação geralmente é feita em consultório médico, mas também pode ser realizada em hospitais. Não costuma ser doloroso pois os profissionais utilizam anestesia local. Basicamente, o implante é inserido na face anterior do braço, de seis a oito centímetros cima da linha do cotovelo. O procedimento costuma durar poucos minutos.

Fonte: Dr. Luis Gustavo Cesario da Silva, médico ginecologista e coordenador da maternidade da Santa Casa de São José dos Campos. 

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

Por quanto tempo tomar glutamina
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar glutamina?

Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado

Alimentação e hipertensão
Alimentação Bem-estar Saúde

Alimentação e hipertensão: o que priorizar e o que evitar?

O ideal é utilizar temperos naturais, como ervas e especiarias. Veja outras dicas

check-up ginecológico
Bem-estar Saúde

Check-up ginecológico: quais exames a mulher deve realizar anualmente?

A rotina de exames permite diagnóstico rápido para diversas doenças, ampliando as chances de um tratamento eficaz