Hospitais para varíola dos macacos: SP criará rede para conter surto

4 de agosto, 2022

Nesta quinta (4), a Secretaria de Saúde do Estado de São Paulo informou que criará um plano de iniciativas para driblar a crise sanitária atual. Entre elas estão os hospitais para varíola dos macacos — a secretaria elegeu 93 unidades estaduais, incluindo maternidades, para se tornarem referência no atendimento à doença. Além disso, o objetivo é criar uma rede de laboratórios públicos e privados para o suporte ao diagnóstico do paciente.

Veja também: Afinal, varíola dos macacos tem cura? Veja esta e outras dúvidas sobre a doença

Hospitais para varíola dos macacos e exames rápidos beneficiarão o público

Tais medidas irão ampliar a cobertura contra a enfermidade, cujos casos estavam se concentrando no Instituto de Infectologia Emílio Ribas. Os laboratórios serão úteis para aliviar o gargalo do Instituto Adolfo Lutz, que recebe todas as amostras de exames. Com a expansão do serviço, a variedade de exames será maior, como o PCR em tempo real e o RT-PCR. Dessa forma, o diagnóstico será mais ágil e facilitará o acompanhamento e conduta médica. Contudo, vale ressaltar que estes hospitais e laboratórios já existem e continuarão recebendo pessoas com outras condições.

Outros serviços

A conscientização profissionais de saúde também será alvo do plano de ação contra a varíola dos macacos. Entre as medidas, destaca-se um serviço telefônico gratuito com médicos plantonistas para esclarecer dúvidas dos próprios profissionais da área da saúde. Além disso, haverá um centro de controle e integração, com 24 especialistas de áreas variadas para reforçar o conhecimento sobre o tema entre a comunidade.

Sintomas da varíola dos macacos

O ciclo de incubação da Monkeypox dura entre 5 e 21 dias, e normalmente a manifestação começa no 13º dia. A partir desse período, os sintomas são febre, falta de ar, dores musculares, fadiga e inchaço nos gânglios. Mas a principal “marca registrada” da doença são lesões na pele em forma de erupções parecidas com as da catapora e sífilis. Em geral, os desconfortos desaparecem entre 7 e 14 dias e sem complicações. Por fim, há dois novos sintomas que cientistas do Reino Unido descobriram recentemente: dor no ânus e inchaço do pênis. A pesquisa foi publicada no The BMJ no final de julho, e contou com 197 pacientes com varíola dos macacos.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.