Gestalt-terapia: O que é e como funciona

Bem-estar Equilíbrio
18 de Outubro, 2019
Gestalt-terapia: O que é e como funciona

A Gestalt-terapia faz parte das terapias humanistas e, por isso, em vez de se concentrar na doença, promove equilíbrio mental e emocional a partir das potencialidades do ser humano.

Foi o médico Fritz Perls quem criou a Gestalt-terapia, na década de 1940, essa linha psicoterápica. A palavra alemã Gestalt não tem tradução em português, mas se refere ao modo de organização de partes individuais que entram em uma composição, valorizando o todo em vez de cada elemento separado. 

“A Gestalt-Terapia é a terapia do contato, que é o meio para que a pessoa possa mudar a si mesma e a experiência que tem do mundo”, explica Lúcia Inês Oliveira Do Amaral, psicóloga clínica. 

Essa prática possui um método específico de trabalho centrado nos sentimentos de cada cliente, em sua relação com o terapeuta e na sua consciência e percepção do presente. Ou seja, o foco não está no passado e tampouco no futuro; o que importa mesmo é aquilo que se vive atualmente.

Leia também: Dependência do celular pode causar depressão e solidão

A psicóloga ressalta que o “aqui e agora”, conceitos básicos dessa linha, levam a pessoa a retomar sua vida, depois que ela percebe que, em algum momento, estava se autossabotando. “Na terapia, fica clara a responsabilidade e a participação direta do cliente.”

Como é a sessão de Gestalt-terapia

A relação entre o psicólogo gestaltista e o cliente é um dos aspectos mais importantes nesse processo psicoterapêutico. “Trata-se de uma experiência mútua em que o cliente é recebido como ele é, com seus limites e possibilidades”, observa Lúcia. 

As sessões são dinâmicas, seguindo as queixas levantadas pelo cliente. O psicólogo utiliza diversas técnicas, como questionar expressões faciais e corporais ao longo da conversa, para trazer a experiência para o presente, mesmo quando o relato é de algo que já passou ou se há ansiedade pelo que ainda está por vir. 

Leia também: Como falar o que sente e o que pensa

O tratamento inclui ainda diferentes exercícios, como a poltrona vazia: o cliente se senta em frente a uma cadeira vazia e participa de uma conversa imaginária, como se fosse um teatro, seja com outra pessoa ou consigo mesmo. 

A partir dessa interação são extraídas informações, percepções e significados que ajudam o cliente a se tornar mais consciente de sua experiência emocional e dá passagem ao processo de cura para aquela possível ferida ainda aberta.

Benefícios dessa abordagem

“A Gestalt-terapia vê a pessoa como um ser em constante desenvolvimento, que pode integrar partes conhecidas e desconhecidas de si mesma até chegar ao que ela realmente é”, diz Lúcia. 

Com esse processo, é possível se sentir mais empoderado, confiante e autêntico. “O cliente pode descobrir caminhos mais fáceis de percorrer, se olhar com mais carinho e respeito, sentir que a mudança, por mais que pareça assustadora, resulta em uma vida diferente, de melhor qualidade”, conclui.

Sobre o autor

Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.

Leia também:

Por quanto tempo devo tomar ômega
Alimentação Bem-estar

Por quanto tempo devo tomar Ômega 3?

Muitas pessoas se perguntam: Por quanto tempo devo tomar ômega 3? Veja recomendações importantes sobre o consumo prolongado

Por quanto tempo devo tomar vitamina C
Alimentação Bem-estar Saúde

Por quanto tempo devo tomar vitamina C?

Aliada a imunidade e a beleza, a vitamina C está ligada a uma série de benefícios para a saúde. Veja recomendações sobre o consumo prolongado

ator Cauã Reymond segurando um garfo e uma faca e usando um babador
Alimentação Bem-estar

Cauã Reymond mostra jantar saudável com sopa, frango e legumes

Ator compartilhou em suas redes socais o que comeu na noite de Dia dos Namorados (12/06). Confira o jantar de Cauã Reymond