Como falar o que sente e o que pensa

Bem-estar Equilíbrio
26 de Setembro, 2019
Como falar o que sente e o que pensa

Se as palavras estão sufocando você, é hora de falar o que sente. Não é possível manter em silêncio todos os nossos sentimento e emoções. Nem a pessoa mais “calada” ou, a mais “falante” – sim, o fato de uma pessoa ser muito falante não significa que ela esteja expressando exatamente o que sente e o que pensa.

Por tanto, a reflexão é, para ambos, os exemplos.

Não sufoque “seu silêncio”, grite de vez em quando, procure falar o que sente. 

O corpo e a mente pedem fluidez e se não recebem adoecem.

Observe o seu corpo, observe os sinais:

  • Alterações no sono: dormir demais, ou muito pouco. 
  • Mudanças no apetite: sentir muita fome ou diminuição do apetite. 
  • Redução da capacidade de experimentar momentos ou situações onde envolvam prazer, lazer, socialização.
  • Falta de concentração e dificuldade de tomar decisões
  • Sensação de tristeza, desvalorização, sentimento de culpa, tudo parece vazio.
  • Pensamentos suicidas variam, desejando muitas vezes por fim a esse estado penoso.

As observações acima não são um diagnóstico, mas uma reflexão a auto observação. Se você se identificar ou souber de alguém que vivencia esse conflito, busque ou indique ajuda de profissionais especializados .

Leia também: Como vencer a sua batalha emocional

Tomar consciência e perceber os próprios gatilhos que causam essas mudanças no comportamento é um processo fundamental para que a pessoa não seja refém das próprias emoções.

Ignorar os sintomas do corpo e pensamentos angustiantes, não irá fazê-los desaparecer, pelo contrário: o quadro pode se agravar, desencadeando problemas maiores como: depressão, aprofundamento a tristeza, que por sua vez, pode aumentar o sentimento de desamparo, desenvolvendo pensamentos suicidas. 

Faça sua avaliação de peso, descubra seu peso ideal e aprenda a emagrecer com a Low Carb. Clique para saber maisChá

Reflita…

Se você sente que paralisou e que não sabe como continuar, talvez seja a hora de deixar que as palavras falem por si. Procure ajuda de um profissional para ouvi-lo, acolhê-lo e ajudar você a falar o que sente. 

Cuide de si. Cuidar do que pensa e sente é a melhor forma de prevenção.

Linda Vieira – Psicóloga Clínica com com abordagem Fenomenológico-Existencial. Experiência em: depressão, fobias, estresse, ansiedade, sexualidade, relacionamentos e medos. Parceira no Programa de Emagrecimento Tecnonutri.

Leia também:

benefícios da banana
Alimentação Bem-estar Saúde

10 benefícios da banana que provavelmente você não conhece (mais receitas)

A banana é amiga do intestino, além de ser eficiente na prevenção de cãibras. Veja outros benefícios da fruta!

mulher fazendo o exercício peck deck na academia
Bem-estar Movimento

Peck deck (voador): o que é, para que serve e como fazer o exercício

Entenda quais músculos o peck deck aciona, como executar corretamente e quais exercícios podem substituí-lo nos dias mais cheios da academia

perda muscular
Bem-estar Movimento Saúde

Perda muscular compromete a recuperação do paciente  

A sarcopenia, a perda de massa muscular e da força, aumenta o risco de complicações em diversos quadros