Asma grave: Covid-19 e gripe são fortes gatilhos para doença

18 de fevereiro, 2022

A asma, caracterizada pela inflamação das vias aéreas, é uma das doenças crônicas mais comuns do mundo. Segundo dados do Sistema Único de Saúde, no Brasil, 350.000 internações ocorrem a cada ano por conta da doença. Enquanto alguns têm sintomas leves e não precisam de medicamentos, outros convivem com o quadro mais sério da inflamação. Além dos estímulos já conhecidos, uma pesquisa chegou à conclusão de que a Covid-19 e a gripe estão entre os principais gatilhos da asma grave.

O estudo, apresentado no American College of Allergy, Asthma and Immunology, contou com a participação de mais de 1400 pessoas que sofrem de ataques graves de asma. Dessa forma, os pesquisadores conseguiram pontuar os cinco mais importantes fatores que provocam surtos da doença.

Leia mais: Asma: Alimentos que ajudam a aliviar os sintomas

Principais gatilhos da asma grave

Mudanças climáticas 

A Organização Mundial da Saúde considera as mudanças climáticas a principal ameaça à existência e ao bem-estar dos seres humanos. No Brasil, a poluição urbana, o desmatamento da Amazônia e as queimadas corroboram com a alta do aquecimento global. Com a elevada temperatura atmosférica, diversos problemas de saúde são desencadeados. Aqueles que convivem com a asma grave, por exemplo, têm surtos da doença com mais alarde nessas circunstâncias.

Infecções virais (Covid-19 e gripe)

Já se tratando de infecções virais, como a Covid-19 e a gripe, a atenção deve ser redobrada. Não à toa, os asmáticos são considerados grupo de risco e têm preferência na hora da vacina.

Ao contrair Influenza, por exemplo, a pessoa com asma tem mais chance de desenvolver complicações sérias, mesmo se os sintomas estiverem controlados por medicação.

Alergias sazonais

Pólen, mofo e ácaros servem como desencadeadores da doença. As alterações na temperatura e a umidade do ar influenciam para que esses fatores surjam com mais intensidade.

Além disso, as estações do ano, por exemplo, contribuem para uma maior ou uma menor incidência desses gatilhos.

Limpeza

O pó incomoda muito os asmáticos, por isso, é sempre importante manter a limpeza dos cômodos em dia e deixar janelas abertas para ventilar. Entretanto, alguns produtos podem ser prejudiciais, principalmente aqueles com cheiro. Por isso, é melhor optar pelo uso do aspirador de pó e um pano com água.

Emocional

Mente e corpo estão completamente ligados. Assim, um sistema interfere no outro. O estresse, por exemplo, é um gatilho para os asmáticos, já que as emoções impactam na qualidade da respiração. Por isso, as crises são potencializadas quando o indivíduo está passando por momentos conturbados.