Flacidez no pescoço: causas, dicas para evitar e como tratar

19 de maio, 2022

A flacidez no pescoço é um incômodo bastante comum quando se fala em envelhecimento da pele.

O problema, que costuma começar a surgir a partir dos 40 anos, pode ser evitado através de algumas medidas de prevenção ou, ainda, ser tratado com a ajuda de certos procedimentos estéticos.

Leia também: Afinal, como evitar flacidez e rugas no rosto?

Afinal, por que a pele do pescoço fica flácida?

A flacidez no pescoço acontece quando a pele tem uma perda de colágeno e elastina com o passar dos anos.

“O pescoço tem menos glândulas sebáceas que o rosto, por exemplo. Portanto, ela acaba sendo uma área que fica flácida mais fácil”, explica Geisa Costa, médica dermatologista, de São Paulo.

Segundo a profissional, é comum começar a ver a alteração da pele desta área a partir dos 40 anos.

Leia também: Como surgem as rugas no pescoço e como evitá-las?

O que fazer para evitar a flacidez no pescoço

Uma das melhores formas de prevenir a flacidez, tanto no rosto quanto no corpo, é seguir uma alimentação saudável e equilibrada.

“Frituras, alimentos embutidos, industrializados e ricos em sódio atrapalham a produção de colágeno no corpo. Portanto, prefira opções ricas em antioxidantes, silício, zinco e vitaminas A e C”, diz a médica.

Leia também: Afinal, que exercícios ajudam a afinar o pescoço?

Outro ponto importante é evitar a exposição solar em excesso, que também acelera a perda da elasticidade da pele.

Lembre-se sempre de usar filtro solar, até nos dias em que há pouco sol. Além disso, prefira sempre produtos com fator acima de 30 e aplique na pele a cada 2 horas.

“Converse com o seu dermatologista para escolher os melhores produtos para evitar a flacidez. Aproveite também para investir em produtos que estimulem a produção de colágeno, como cremes com zinco e vitamina C, por exemplo”, indica Geisa.

Por fim, não se esqueça da hidratação.

“A água estimula a renovação celular, a firmeza e a elasticidade da pele por mais tempo”, ela completa.

Leia também: Saiba quais são os melhores tratamentos para a flacidez corporal

E quando a pele já está flácida?

Com o avanço da dermatologia cosmética, já existem vários produtos e tecnologias que ajudam a combater a flacidez do pescoço e outras áreas do corpo. Contudo, apenas um profissional especializado deve indicar qualquer produto ou procedimento.

“Antes de qualquer tratamento, é necessário passar por uma avaliação com seu dermatologista para analisar qual técnica é mais indicada para seu caso”, ressalta a médica.

Fonte: Geisa Costa, médica especialista em dermatologia, membro da Sociedade Latino Americana de Dermatologia Pediátrica e Membro da Sociedade Brasileira de Laser, diretora clínica e fundadora do Art Beauty Center, de São Paulo e Minas Gerais.

Sobre o autor

Ana Paula Ferreira
Ana Paula Ferreira
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em beleza e bem-estar.