F.O.D.A: O medo de namorar após a pandemia

Bem-estar Equilíbrio
16 de Junho, 2021
F.O.D.A: O medo de namorar após a pandemia

Os “dates” antes da pandemia eram marcados pela ansiedade em encontrar o parceiro e pelo receio de não dar certo. Por outro lado, durante a pandemia, as coisas mudaram um pouco e, recentemente, surgiu um problema comum entre os jovens: o F.O.D.A.

A sigla significa  “Fear of dating again”, ou “medo de namorar novamente”, em uma tradução livre. A condição vem sendo estudada e os resultados mostram que a longa duração do isolamento social tem deixado as pessoas menos aptas a se envolverem em novos relacionamentos. 

De acordo com um relatório do Bumble — aplicativo de namoro — dois em cada três usuários relataram problemas com a saúde mental e bem-estar. Aumento da ansiedade e estresse em relação ao namoro também foram percebidos.

Leia também: FoMO: O medo de ficar por fora que pode causar depressão

Em contrapartida, 2020 também foi o ano mais movimentado do Tinder, um dos aplicativos de relacionamento mais populares do mundo. Cerca de 60% dos usuários acessaram o app pois se sentiam sozinhos, e 40% porque queriam conhecer pessoas novas.

O namoro no mundo pós-Covid e o F.O.D.A

Durante a quarentena, os solteiros tiveram que lidar com a solidão. Apesar de não ter uma data exata para voltarmos à nossa rotina, com as doses da vacina sendo aplicadas ao redor do mundo, a esperança é que isso aconteça em um futuro próximo. 

Mas o mundo pós-Covid pode ser um tanto quanto complicado para as pessoas que querem voltar a se relacionar amorosamente. Isso porque muitos podem experimentar sentimentos de ansiedade, medo e incerteza.

É compreensível, afinal, a população no geral não está tendo contato físico como antes. Abraços e beijos tornaram-se costumes totalmente estranhos.

Leia também: Acelerar os áudios do Whatsapp não é tão benéfico quanto parece

Ury, diretora de ciência do relacionamento do centro de pesquisas Hinge, aposta na continuação do namoro por videochamada. É uma forma segura e eficaz de avaliar a compatibilidade do casal. Ainda, por meio da ferramenta, é possível filtrar se você realmente deseja conhecer a pessoa pessoalmente.

“Um dos aspectos positivos da pandemia é que todos nós estamos passando pelo mesmo trauma. Portanto, uma coisa que você pode fazer é começar o encontro e dizer: ‘Ei, estou um pouco nervoso’, e outra pessoa dirá: ‘Eu também, obrigado por dizer isso’. Assim você quebra o gelo”, explica a especialista.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

mulher de lado tomando um suco verde em um copo
Alimentação Bem-estar

Como comer mais fibras no dia a dia? Dicas simples

O nutriente promove saciedade, melhora o trânsito intestinal, ajuda a evitar picos de açúcar no sangue e diminui a absorção das gorduras. Veja como comer mais

foto mostra diferentes pincéis de maquiagem
Beleza Bem-estar

Pincéis e esponjas de maquiagem podem causar acne e alergias. Como higienizar?

Você já tentou de tudo, mas não consegue se livrar do aparecimento de espinhas? Já tentou lavar seus pincéis e esponjas de maquiagem?

corrida
Bem-estar Movimento Saúde

Como proteger garganta e ouvidos na corrida durante o inverno

É necessário tomar os devidos cuidados para proteger garganta e ouvidos durante a corrida no inverno. Saiba mais!