Estresse em excesso pode diminuir a expectativa de vida

Bem-estar Equilíbrio
16 de Março, 2020
Estresse em excesso pode diminuir a expectativa de vida

Embora o estresse possa parecer algo sempre negativo, na verdade ele é uma resposta do organismo frente a um perigo. No entanto, quando em excesso, o estresse pode trazer diversos malefícios para nossas vidas, incluindo a diminuição da expectativa de vida. É o que diz um estudo publicado na revista médica BMJ Open

Com a rotina corrida das pessoas, hoje em dia é quase impossível não se estressar com as situações diárias, não é mesmo?

De acordo com a Organização Mundial da Saúde (OMS), o estresse atinge o percentual de 90% da população mundial. Além disso, cerca de 70% dos brasileiros sofrem com estresse e 30% estão relacionados a se estressar no trabalho.

Como funcionou o estudo

Pesquisadores do Instituto Finlandês de Saúde e Bem-Estar avaliaram os fatores de risco tradicionais do estilo de vida, bem como os fatores de qualidade de vida para prever a expectativa dela. Foram analisados dados de mais de 38 mil participantes entre 25 e 74 anos.

Assim, para homens de 30 anos, o estresse excessivo reduziu sua expectativa de vida em 2,8 anos e 2,3 para as mulheres. 

Leia também: Como lidar com o estresse

Segundo a pesquisa, pessoas que tiveram um estresse não mais do que o habitual foram associadas a um menor risco de diminuição da expectativa de vida. Os fatores analisados pelos pesquisadores incluíram satisfação, histórico sociodemográfico e histórico médico, estilos de vida e fatores de risco biológicos. Dessa forma, foi descoberto que as maiores causas de redução da expectativa de vida incluíram tabagismo e diabetes tipo 2.

Aumentando a expectativa de vida

A fim de ter uma diferença significativa na longevidade, com apenas algumas mudanças no estilo de vida você pode alcançar esse objetivo.

Opte por técnicas como meditação e yoga, além de obter um sono de qualidade, podem ajudar a controlar o estresse e aumentar a expectativa de vida. 

Por fim, ter uma alimentação equilibrada também é importante, com frutas e legumes suficientes. Também é necessário praticar atividade física, para manter-se saudável por mais tempo.

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

Chás pré e pós-treino
Alimentação Bem-estar

Chás pré e pós-treino: veja as melhores opções

O chá é a segunda bebida mais consumida mundialmente, depois da água, sendo o Brasil um dos maiores consumidores. De acordo com um balanço da Euromonitor

Lapsos de memória
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Lapsos de memória: 8 principais fatores e como evitá-los

Rotina sobrecarregada, estresse e noites maldormidas são algumas das causas

Quando mudar a rotina de skincare
Beleza Bem-estar

Rotina de skincare: quando mudar os produtos? Dermatologista explica

Segundo a dermatologista, apesar da percepção, a pele continua se beneficiando da rotina