Esquizofrenia: O que é, sintomas e como tratar

Bem-estar Equilíbrio
23 de Setembro, 2020
Esquizofrenia: O que é, sintomas e como tratar

A esquizofrenia é um transtorno psiquiátrico caracterizado por delírios, alucinações, problemas de raciocínio e concentração e falta de motivação. O transtorno afeta cerca de 20 milhões de pessoas em escala global, segundo a OMS (Organização Mundial de Saúde). Na maioria dos casos, o transtorno se manifesta entre 15 e 35 anos, em homens e mulheres. Assim, por ser uma crônica e complexa, exige tratamento por toda a vida.

Desse modo, quem sofre com com esse transtorno perde a noção da realidade e tem dificuldade em entender a diferença entre o imaginário e o real.

Tipos de esquizofrenia

  • Paranoide: Predominam alucinações e delírios.
  • Desorganizada ou hebefrênica: Pensamentos e discursos desconexos.
  • Catatônica: O paciente apresenta mais alterações posturais, com posições estranhas mantidas por um longo período de tempo.
  • Simples: Na esquizofrenia simples, o paciente apresenta mudanças na personalidade, mantendo-se isolado e  disperso aos acontecimentos do dia a dia.

Leia também: Transtorno Bipolar: O que é, sintomas e tratamento

Sintomas

A doença pode se manifestar de diversas formas e os sintomas se dividem em duas categorias: positivo (não se manifestam em pessoas saudáveis) e negativo (associados a falta de emoções e são considerados “normais”).

  • Sintomas positivos: Alucinações; delírios; pensamentos desordenados e distúrbios do movimento.
  • Sintomas negativos: Redução do afeto, perda do prazer na vida cotidiana, dificuldade em iniciar e manter atividades, redução de fala.

Outros sinais que você deve ficar atento:

  • Ouvir ou ver algo que não está no ambiente;
  • Sensação constante de estar sendo observado;
  • Posicionamento corporal estranho;
  • Sentir-se indiferente a situações muito importantes;
  • Mudança na higiene pessoal e aparência;
  • Alterações na personalidade;
  • Resposta irracional aos entes queridos;
  • Dificuldade para dormir ou se concentrar;
  • Comportamento inadequado;

Causas

As causas esquizofrenia ainda são desconhecidas, mas podem estar estão relacionadas a alterações cerebrais. Dessa maneira, a doença pode ser desenvolvida quando ocorrem problemas com certas substâncias químicas do cérebro. Além disso, o uso de drogas psicoativas que alteram a mente podem contribuir.

Os fatores ambientais também podem contribuir para o surgimento da esquizofrenia. Que podem ser complicações na gravidez e no parto e doenças que podem alterar o desenvolvimento do sistema nervoso no período de gestação.

Tratamento para esquizofrenia

Embora a esquizofrenia não tenha cura, existe tratamento – que deve ser feito durante a vida toda, mesmo após o desaparecimento dos sintomas. Dito isso, o tratamento será realizado por psicólogos e psiquiatras, de acordo com as necessidades do paciente e o nível de gravidade da doença. 

No geral, o tratamento é feito com medicamentos, que incluem remédios antipsicóticos prescritos pelo psiquiatra, associado à psicoterapia.

Ademais, durante períodos de crises mais graves, a hospitalização pode ser necessária para garantir a segurança, higiene básica e alimentação e sono adequados.

Leia também: Transtorno de Personalidade Histriônica: O que é e como tratar

Sobre o autor

Julia Moraes
Jornalista e repórter da Vitat. Especialista em fitness, saúde mental e emocional.

Leia também:

foto de um prato colorido com legumes, salada e grãos
Alimentação Bem-estar Receitas

Encontrar receitas vegetarianas é difícil para você? Veja 20 opções!

Aqui na Vitat, você consegue encontrar inúmeras opções de receitas vegetarianas para variar o seu cardápio. Separamos algumas, confira!

5 benefícios da banana
Alimentação Bem-estar

5 benefícios da banana para os atletas

Liberação gradual de energia e recuperação muscular são alguns dos benefícios. Veja outros!