Como escolher os alimentos na hora da compra

18 de novembro, 2019

Saber escolher os alimentos na hora da compra pode ser uma arma poderosa para quem deseja ter uma alimentação mais equilibrada. Também, a ida ao mercado pode ajudar a fazer escolhas mais conscientes, além de estimular o processo de cozinhar. 

Escolher os alimentos pode parecer difícil no início. Mas, com a prática, fica fácil saber qual alimento está ou não adequado para o consumo. Para ajudar nesse processo, o Ministério da Saúde elaborou um conjunto de dicas que foram divulgadas no novo Guia Alimentar para crianças menores de 2 anos, que foi lançado juntamente com a 1ª Campanha Nacional de Prevenção da Obesidade Infantil. Saiba como escolher os melhores produtos: 

Alimentos in natura 

Em relação aos alimentos in natura, vale lembrar que cada um tem suas características próprias – cheiro, cor, sabor, textura – que devem ser observadas durante a compra. Evitar comprar os que tenham partes estragadas, mofadas, com cor ou textura alterada. Lembrando que alimentos orgânicos apresentam formas e aparência diferentes entre eles.

Leia também: Lanches saudáveis que são bons para o intestino

Carnes e peixes

Peixes frescos devem estar sob refrigeração e apresentar escamas bem aderidas ou couro íntegro, guelras úmidas de cor rosa a vermelha intensa e olhos brilhantes e transparentes. 

Os congelados devem estar devidamente embalados e conservados em temperaturas adequadas. Evitar comprar produtos com acúmulo de água ou gelo na embalagem, pois podem ter sido descongelados e congelados novamente. 

Carnes frescas devem estar sob refrigeração e apresentar cor vermelha brilhante ou cor clara, no caso de aves, textura firme e gordura bem aderida, de cor clara. Então, não devem ser compradas carnes que apresentem cor escurecida ou esverdeada, cheiro desagradável ou consistência alterada. Deve-se observar se possuem carimbo dos órgãos federais de inspeção sanitária – SIF (Serviço de Inspeção Federal do Ministério da Agricultura). 

Leia também: Ministério da Saúde lança Guia Alimentar para crianças

Embalados

Alimentos embalados devem estar dentro do prazo de validade. As embalagens não devem estar rasgadas, estufadas, amassadas, enferrujadas ou sujas. Igualmente, o conteúdo não deve apresentar alterações de cor, cheiro ou consistência, e a data de validade descrita no rótulo deve estar legível. 

Dicas para montar sua lista de compras saudável

  • Organize sua geladeira e despensa. Assim, você consegue visualizar o que está faltando e pode criar uma lista mais certeira. Aproveite para checar os prazos de validade dos itens armazenados.
  • Tente pensar em um cardápio semanal. Dessa maneira, você sabe os ingredientes que vai precisar, gerencia melhor o seu tempo na cozinha e mantém uma alimentação mais saudável e equilibrada.
  • Priorize alimentos frescos e coloque o mínimo possível de industrializados na sua lista. Inclua sempre vegetais, frutas e legumes.
  • Tenha uma rotina de compras – seja semanal ou mensal. Assim, evita múltiplas visitas ao supermercado – o que pode levar a compras por impulso, maior consumo de industrializados e gastos extras.
  • Divida a lista em categorias: alimentos secos, alimentos frescos, bebidas, laticínios, carnes, congelados, limpeza e higiene pessoal. Dessa forma, quando estiver no supermercado, você evita repassar a lista inteira a todo momento e economiza tempo nos corredores.

Sobre o autor

Redação
Redação
Todos os textos assinados pela nossa equipe editorial, nutricional e educadores físicos.