Entorse no tornozelo: o que é a lesão que tirou Neymar de campo?

Saúde
25 de Novembro, 2022
Entorse no tornozelo: o que é a lesão que tirou Neymar de campo?

Na emocionante estreia do Brasil na Copa do Mundo de 2022 que rendeu dois gols para a seleção, também houve contratempos. O jogador Neymar sofreu uma entorse no tornozelo direito no final do segundo tempo, situação que preocupou os torcedores e até o médico da seleção, Rodrigo Lasmar.

“Neymar teve entorse no tornozelo direito. Apresentou um edema, inchaço e já iniciamos o tratamento com gelo no local. Precisamos aguardar 24h ou 48h para avaliar e não existe nenhum exame de imagem marcado por enquanto”, alegou o especialista durante entrevista coletiva.

Veja também: Afinal, colocar sal no meião evita cãibras, como fazia Zé Roberto?

O que é a entorse no tornozelo?

Também conhecida como torção, a entorse é uma lesão bem comum, tanto no dia a dia quanto no esporte. Ela acontece a partir de um movimento lateral excessivo do tornozelo, que afeta o ligamento da região em diferentes intensidades.

Por esse motivo, a entorse possui três classificações distintas: grau I, que apresenta estiramento ligamentar; grau II, com lesão parcial no ligamento; e, por fim, o grau III, que é mais severo, pois consiste na ruptura do ligamento.

Sintomas

Os principais indícios da entorse no tornozelo são dor ao movimentar o tornozelo e inchaço local, que progride após algumas horas da lesão. No caso de Neymar, o jogador ainda permaneceu no jogo por mais 10 minutos depois da torção, mas não aguentou o desconforto e foi substituído.

Dependendo do tipo de trauma, o indivíduo mal consegue caminhar, pois o mínimo movimento causa dor intensa. Além disso, a lesão pode deixar hematomas devido ao vazamento interno do sangue (equimose).

Como diagnosticar a entorse no tornozelo?

A investigação clínica, que observa os sintomas característicos da lesão, é o primeiro passo do diagnóstico. Contudo, só é possível descobrir a gravidade da lesão por meio de exames de imagem. Por exemplo, ultrassom e ressonância magnética.

Na situação de Neymar, o médico optou por esperar até 48h para avaliar a evolução do edema e se há melhora do quadro. Afinal, é comum que o processo inflamatório demore para se estabilizar.

Tratamento 

Varia conforme o grau da lesão. Contudo, todos os tipos de entorse requerem repouso para não forçar a área lesionada. Nesse período, o médico recomenda compressas de gelo e elevação do tornozelo. Se o trauma for II ou III, o uso de imobilizador pode ser necessário para ajudar na recuperação. Além disso, para aliviar as dores, os anti-inflamatórios e a fisioterapia são úteis logo no começo do tratamento.

Em raras situações, a entorse pode se tornar crônica, o que provoca a instabilidade ligamentar. Ou seja, o ligamento fica mais suscetível a lesões. Nesse contexto, o médico pode sugerir sessões de fisioterapia a longo prazo ou cirurgia para correção do problema.

Qual o tempo de reabilitação da entorse no tornozelo?

A princípio, quadros leves demoram de uma a duas semanas para melhorar completamente. Em contrapartida, as lesões mais delicadas precisam de mais tempo — até meses, às vezes. Portanto, o tratamento precisa de dedicação e paciência para não se estender mais do que o esperado.

Referências: Sociedade Brasileira de Ortopedia e Traumatologia (SBOT); Hospital Oswaldo Cruz; MSD Manuals.

 

Sobre o autor

Amanda Preto
Jornalista especializada em saúde, bem-estar, movimento e professora de yoga há 10 anos.

Leia também:

foto de folhas de citronela em uma bandeja de bambu
Bem-estar Casa Saúde

Planta citronela espanta mosquito da dengue?

A planta possui um óleo essencial desagradável para alguns insetos. Contudo, a citronela não deve ser a única estratégia para espantar o mosquito da dengue

Cinco habitos
Bem-estar Equilíbrio Saúde

Cinco hábitos indispensáveis para a saúde

Para iniciar uma mudança de comportamento, confira cinco atitudes simples para incorporar no dia a dia que trazem benefícios no futuro

Dengue e Covid
Saúde

Dengue e Covid-19: como diferenciar os sintomas?

Em meio a uma explosão de casos de dengue e o aumento de infecções por covid-19 no Brasil, sintomas geram muitas dúvidas. Veja diferenças